PUBLICIDADE

Mundo

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução para ajuda a Gaza

Texto, no entanto, não pede cessar-fogo humanitário imediato

22 dez 2023 - 14h50
(atualizado às 15h35)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reuters

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta sexta-feira (22) uma resolução que exige que as partes envolvidas no conflito no Oriente Médio permitam a "entrega segura e sem obstáculos de assistência humanitária em grande escala", criando corredores permanentes.

O texto não solicita uma trégua imediata, nem inclui a frase originalmente presente "urgente suspensão das hostilidades".

Após dias de adiamentos, a resolução também pede a criação de "condições para que as hostilidades cessem de maneira sustentável".

Rússia e Estados Unidos, que poderiam ter vetado a resolução, como membros permanentes do colegiado, se abstiveram. O texto passou com 13 votos a favor.

A embaixadora dos EUA no Conselho, Linda Thomas-Greenfield, chamou a resolução de "forte passo à frente".

"Este conselho ofereceu um brilho de esperança em meio a um mar de sofrimento", disse.

A proposta foi promovida pelos Emirados Árabes e passou por várias sessões de negociações para evitar um novo veto.

A embaixadora emiradense, Lana Zaki Nusseibeh, disse que a proposta "responde com ação à situação humanitária. Sabemos que não é um texto perfeito, não pararemos de pedir por um cessar-fogo humanitário".

A resolução também pede que seja apontado um coordenador humanitário da ONU para supervisionar a ajuda de países terceiros a Gaza. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade