0

China discutirá lei de segurança nacional para Hong Kong

Território vem registrando protestos violentos desde 2019

21 mai 2020
12h46
atualizado às 13h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os parlamentares da China irão discutir nesta sexta-feira (22) a implementação de uma lei de segurança nacional para Hong Kong, que vem registrando violentos protestos desde 2019, informou o porta-voz do Congresso Nacional do Povo, Zhang Yesui.

Protestos em Hong Kong vêm sendo registrados desde 2019
Protestos em Hong Kong vêm sendo registrados desde 2019
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Segundo o representante, o objetivo é "instituir um quadro jurídico e um mecanismo de aplicação melhorado para a proteção da segurança nacional em Hong Kong". O tema já será debatido na abertura do Congresso, na primeira sessão plenária agendada.

Desde o ano passado, os moradores do território pedem independência política do governo chinês e maior liberdade tanto social como de expressão. No entanto, os protestos sempre foram reprimidos com o uso de violência por parte de Pequim.

Em 2003, o governo chinês tentou aplicar o chamado "Artigo 23" da Lei Básica em Hong Kong, que prevê uma legislação nacional punitiva nos casos de "traição e subversão". À época, por conta da série de manifestações, Pequim desistiu de aplicar a medida. 

Veja também:

Coronavírus: experimento japonês mostra rapidez com que vírus se espalha em restaurante
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade