PUBLICIDADE

Biden é ofendido por apoiador de Trump em ligação de Natal

Presidente norte-americano teve reação inesperada ao ser pego de surpresa por frase usada por aqueles que não apoiam o seu governo

25 dez 2021 - 11h55
Ver comentários
Joe Biden ao lado da primeira-dama Jill enquanto atendia as ligações de Natal
Joe Biden ao lado da primeira-dama Jill enquanto atendia as ligações de Natal
Foto: Elizabeth Frantz / Reuters

Joe Biden mostrou jogo de cintura ao ser ofendido, ao vivo, por um apoiador de Donald Trump durante um programa em que alguns norte-americanos ligam para uma linha especial, durante o Natal, tendo a chance de conversar com o presidente dos Estados Unidos.

Ao falar brevemente com um homem chamado Jared, Biden foi pego de surpresa no final da ligação, quando o rapaz lhe desejou um feliz Natal e disse: "Vamos, Brandon!". 

A frase, usada por apoiadores de Trump, na verdade é um código para "f***-se Joe Biden". Sem perder a compostura, Biden apenas respondeu: "Vamos, Brandon, eu concordo". Nas redes sociais, muitos internautas se divertiram com a reação inesperada do presidente norte-americano. Confira:

 

A frase ficou conhecida entre os trumpistas durante uma entrevista do piloto da Nascar Brandon Brown. O público gritava "f***-se Joe Biden" da arquibancada, mas o repórter tentou disfarçar a situação, dizendo que as pessoas gritavam "vamos, Brandon!". Foi a deixa para a frase se tornar um código muito usado por aqueles que querem criticar o atual governo.

Brasil também tem seu código 

No Brasil, algo parecido aconteceu durante uma transmissão ao vivo do Rock in Rio em 2019. Titi Müller, que anunciava o show da cantora Anitta no evento, brincou com o fato de a plateia estar ofendendo o presidente Jair Bolsonaro. "A galera está pedindo Anitta demais", falou diante dos gritos de "ei, Bolsonaro, vai tomar no **". "A galera está pedindo Anitta há muito tempo, na verdade", ironizou ainda. Relembre: 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade