PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Guilherme Mazieiro

Lula reúne 12 ministros para discutir ações junto a Yanomamis

Tema sensível para o governo, em janeiro de 2023 foi feito um plano de combate ao garimpo ilegal; indígenas vivem crise humanitária

9 jan 2024 - 10h34
(atualizado às 10h37)
Compartilhar
Exibir comentários
Comunidades que fazem parte da Reserva Yanomami enfrentam crise humanitária que tem como principal causa a expansão do garimpo ilegal
Comunidades que fazem parte da Reserva Yanomami enfrentam crise humanitária que tem como principal causa a expansão do garimpo ilegal
Foto: Andressa Anholete/Correspondente Getty Images / BBC News Brasil

O presidente Lula (PT) se reuniu nesta terça, 9, com 12 ministros do governo para discutir ações que foram feitas no último ano e precisam ser ajustadas junto ao povo Yanomami, combate ao garimpo ilegal e exploração ilícita. O presidente cobra mais desempenho de sua equipe para reverter a crise humanitária em que vivem os indígenas devido a poluição de garimpeiros e invasão de suas terras.

O tema foi anunciado como prioridade pelo governo em janeiro do ano passado, quando o petista esteve em Roraima visitando comunidades indígenas. Em 21 de janeiro o governo editou um decreto que criou o Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento à Desassistência Sanitária das populações em território Yanomami. 

Segundo informações divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo em dezembro, o Ministério Público Federal apontou que a gestão petista reduziu de maneira “drástica” ações nas terras Yanomami. Resultando em um reingresso massivo de garimpeiros para a região.

Participam da reunião diferentes áreas do governo, como a Saúde, responsável pelo atendimento e atenção aos povos indígenas, Povos Indígenas, Defesa, que trabalha na logística e combate aos garimpo ilegal, Justiça, entre outros.

Veja a lista de participantes da reunião:

• Ministro da Casa Civil, Rui Costa;

• Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino;

• Ministro da Defesa, José Múcio;

• Ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias;

• Ministra da Saúde, Nísia Trindade;

• Ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck;

• Ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva;

• Ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida;

• Ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara;

• Ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha;

• Ministro da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta;

• Advogado-Geral da União, Jorge Messias;

• Presidente da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Joenia Wapichana;

• Diretor-Geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues;

• Diretor da Amazônia e Meio Ambiente da Polícia Federal, Humberto Freire de Barros.

Fonte: Guilherme Mazieiro Guilherme Mazieiro é repórter e cobre política em Brasília (DF). Já trabalhou nas redações de O Estado de S. Paulo, EPTV/Globo Campinas, UOL e The Intercept Brasil. Formado em jornalismo na Puc-Campinas, com especialização em Gestão Pública e Governo na Unicamp. As opiniões do colunista não representam a visão do Terra. 
Compartilhar
Publicidade
Publicidade