0

Bola murcha! Ídolos do futebol fracassam na eleição em SP

2 out 2016
22h20
atualizado em 3/10/2016 às 09h25
  • separator
  • comentários

A ligação com um clube grande de futebol parece não ter mais grandes efeitos nas eleições. Em São Paulo, nomes que fizeram história como Marcelinho Carioca (Corinthians) e Ademir da Guia (Palmeiras) não se elegeram para a Câmara Municipal. O folclórico Tonhão, outro ex-alviverde, e o ex-tricolor Waldir Perez também fracassaram.

Um dos grandes da história do Corinthians, Marcelinho Carioca tentou uma cadeira como vereador pelo PRB, chegou a 12.602 votos e ficou longe de um resultado positivo. Mito dos torcedores do Palmeiras, Ademir da Guia concorreu à Câmara Municipal pelo PHS e alcançou apenas 3.166 votos.

Marcelinho Carioca não conseguiu conquistar o apoio da Fiel Torcida e não se elegeu vereador em São Paulo
Marcelinho Carioca não conseguiu conquistar o apoio da Fiel Torcida e não se elegeu vereador em São Paulo
Foto: Reprodução/Facebook

Os outros ex-jogadores tiveram resultados mais modestos na capital paulista. Waldir Perez, antigo goleiro do São Paulo e da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982, estava na chapa do PRP e teve 1.341 votos. Já Tonhão utilizou o nome do Verdão até na sua campanha - ele buscou votos como "Tonhão do Palmeiras", No entanto, a estratégia não deu certo. O ex-zagueiro obteve 590 votos.

Ademir da Guia também não conseguiu emplacar sua candidatura em 2016
Ademir da Guia também não conseguiu emplacar sua candidatura em 2016
Foto: Reprodução / LANCE!

Curiosamente, um dirigente de futebol conseguiu mais votos do que os ex-jogadores. O vice-presidente do Corinthians, André Luiz de Oliveira, que chegou a ser levado pela Polícia Federal para um depoimento referente à Operação Lava Jato em 2016, tentou uma vaga pelo PDT, foi o segundo mais votado por seu partido (20.481 votos), mas reforçou a lista dos que não se elegeram.

Além dos vereadores, a cidade de São Paulo escolheu seu prefeito neste domingo. João Doria, do PSDB, obteve 53,59% dos votos válidos e surpreendeu ao alcançar a vitória sem a necessidade de segundo turno.

Zagueiro campeão brasileiro em 1993 e 1994 pelo Palmeiras, Tonhão também é candidato a vereador em São Paulo
Zagueiro campeão brasileiro em 1993 e 1994 pelo Palmeiras, Tonhão também é candidato a vereador em São Paulo
Foto: Divulgação / LANCE!

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade