PUBLICIDADE

De bezerro a jacaré: quais são as maiores presas que uma cobra devora?

10 out 2013 08h43
| atualizado às 08h43
ver comentários
Publicidade

Em 2005, guardas-florestais americanos registraram quando uma píton explodiu depois de engolir um jacaré no parque Everglades. A espécie de cobra, originária da Ásia, é invasora nos ecossistemas dos Estados Unidos e é combatida pelas autoridades. A batalha entre os predadores, afirmavam os guardas na época, mostra o perigo desse tipo de serpente no país. Mas, se uma cobra é capaz de engolir um jacaré - mesmo que para ela o fim seja trágico - qual é o limite desses répteis?

Segundo biólogo e diretor do Museu Biológico do Butantan, Giuseppe Puorto, no Brasil há o registro de uma sucuri, a maior espécie de cobra do Brasil, que comeu um bezerro. Teoricamente, afirma Puorto, bezerros e capivaras são as maiores presas de serpentes. Mas há outros registros impressionantes já feitos (veja na galeria de fotos acima).

E como elas conseguem devorar animais tão grandes? O biólogo explica que a mandíbula é separada dos demais ossos da cabeça e os lados direito e esquerdo são independentes, o que possibilita uma abertura muito grande da boca do predador. Além disso, a pele e os músculos são flexíveis para facilitar a ingestão. O processo todo pode durar horas.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/educacao/infograficos/animais-fantasticos/" data-cke-344-href="http://noticias.terra.com.br/educacao/infograficos/animais-fantasticos/">Você Sabia: 10 animais reais que já foram considerados mitos</a>

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/voce-sabia-animais-no-espaco/iframe.htm" data-cke-344-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/voce-sabia-animais-no-espaco/iframe.htm">veja o infográfico</a>

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/vc-sabia-animais-extintos-dna//iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/educacao/infograficos/vc-sabia-animais-extintos-dna//iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade