PUBLICIDADE

Vestibular 2025 do IME: confira datas e edital

O Instituto Militar de Engenharia (IME) publicou hoje datas e o Edital do Vestibular 2025. O processo seletivo ocorrerá em setembro e outubro.

10 mai 2024 - 16h33
(atualizado às 17h12)
Compartilhar
Exibir comentários

O Instituto Militar de Engenharia (IME) publicou hoje, 10 de maio, as datas e o Edital do Concurso de Admissão, o Vestibular 2025. O processo seletivo ocorrerá em setembro e outubro.

Podem se inscrever no Concurso de Admissão aos Cursos de Formação e Graduação do IME os brasileiros natos que terminaram o ensino médio ou que irão conclui-lo em 2024.  

No momento da inscrição no IME 2025, os estudantes podem optar entre vagas para a ativa, caso queiram seguir carreira militar, ou vagas na reserva, se não tiverem o objetivo de ter carreira militar.

Vestibular do IME 2025

Conforme o instituto, o prazo de inscrições será de 29 de maio a 10 de julho. Mas, pedidos de isenção de taxa poderão ser feitos antes por ex-combatentes das Forças Armadas, doadores de medula óssea e inscritos no Cadastro Único Para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)  membros de família de baixa renda.

O Concurso de Admissão será dividido da seguinte forma:

I - Exame Intelectual (EI);

II - Inspeção de Saúde (IS);

III - Exame de Aptidão Física (EAF);

IV - Avaliação Psicológica (Avl Psc); e

V - Procedimento de Heteroidentificação (PH)

O  Exame Intelectual do Vestibular 2025 do IME contará com duas etapas, sendo a primeira no dia 29 de setembro e a segunda entre os dias 28 e 31 de outubro.

Provas do IME 2025

O Exame Intelectual (EI) do IME é composto por duas fases. As provas serão aplicadas em Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Campinas/SP, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, Juiz de Fora/MG, Manaus/AM, Porto Alegre/RS, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São José dos Campos/SP, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vila Velha/ES.

Na primeira fase, os candidatos passam por prova objetiva com 40 questões de Matemática, Física e Química. Na segunda etapa, os inscritos farão cinco provas, com questões objetivas e discursivas de Matemática, Física, Química, Português e Inglês.

Vagas do IME 2025

Sede do IME no Rio de Janeiro [2]
Sede do IME no Rio de Janeiro [2]
Foto: Brasil Escola

O Vestibular 2025 do IME ofertará 60 vagas para a ativa, sendo 48 para ampla concorrência e 12 para negros. Já para a reserva são 38 vagas, sendo 30 para a ampla e oito para negros.

O IME oferece as seguintes opções de cursos de engenharias:

  • Engenharia Eletrônica;

  • Engenharia de Comunicações;

  • Engenharia Mecânica;

  • Engenharia Química;

  • Engenharia Cartográfica;

  • Engenharia de Computação;

  • Engenharia de Fortificação e Construção

  • Engenharia de Materiais.

No IME, a escolha da especialidade de Engenharia é realizada ao final do Ciclo Básico, de acordo com a classificação alcançada pelo candidato e de acordo com os números de vagas e especialidades estipulados anualmente pelo Estado-Maior do Exército.

Datas do IME 2025

Confira abaixo as principais datas do Vestibular 2025 do IME:

  • Inscrições: 29 de maio a 10 de julho

  • Provas da 1ª fase: 29 de setembro

  • Provas da 2ª fase: 28 a 31 de outubro

Para mais detalhes, acesse o Edital.

Como é a carreira militar?

A carreira militar oferece duas grandes vantagens: a estabilidade e os bons salários. Outra peculiaridade do serviço nas Forças Armadas é a formação. O militarismo disponibiliza uma variedade de cursos, inclusive de graduação. Há, ainda, a possibilidade de ascensão profissional.

Normalmente o ingresso no serviço militar se dá através dos colégios e academias que formam oficiais. Pode se candidatar à formação nessas instituições qualquer cidadão brasileiro que preencha os requisitos estabelecidos em lei e nos regulamentos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Ao ingressar na academia, em geral os alunos recebem uma ajuda de custo e, dependendo do caso, estudam em regime de internato, ou seja, têm direito à moradia. Conforme o profissional ascende na carreira os salários vão aumentando e, ao se aposentar (ir para a reserva), os rendimentos são pagos integralmente.

Créditos das imagens:

[1] e [2] Divulgação IME

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade