PUBLICIDADE

ProUni 2024: hoje é último dia para comprovar informações da 1ª chamada

Candidatos pré-selecionados na 1ª chamada do ProUni 2024 devem confirmar as informações prestadas durantes as inscrições somente até hoje, 20 de fevereiro.

20 fev 2024 - 00h04
Compartilhar
Exibir comentários

Candidatos pré-selecionados na 1ª chamada do ProUni 2024 devem comprovar as informações prestadas durante as inscrições somente até hoje, 20 de fevereiro. Os dados devem ser confirmados nas universidades que ofereceram a bolsa de estudo.

ProUni 2024
ProUni 2024
Foto: Brasil Escola

Segundo o cronograma do Programa Universidade para Todos (ProUni) divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), a segunda chamada deve sair no dia 27 de fevereiro.

Caso o aluno não seja convocado nessa chamada, ele poderá ainda manifestar interesse em participar da lista de espera do ProUni 2024. Os estudantes devem sinalizar essa opção nos dias 14 e 15 de março. O resultado dessa lista sairá no dia 18 do mesmo mês. 

ProUni 2024

As inscrições para o ProUni 2024 puderam ser feitas entre os dias 29 de janeiro e 2 de fevereiro. Os estudantes concorreram a 406.428 bolsas de estudo em universidades particulares de todo o Brasil.

O resultado do ProUni 2024 foi divulgado no dia 6 de fevereiro. Somente foram selecionadas na primeira chamada 213.577 candidatos. Desse total,  308.977 estudantes foram contemplados com bolsas integrais (100%) e 97.451 alunos com bolsas parciais (50%).

Ao todo, o programa contou com 1.384.868 inscrições uma vez que os candidatos puderam se inscrever em até duas opções de cursos de graduação. Já o número de inscrições para somente um curso foi de 716.759 pessoas.

A maioria dos inscritos no ProUni 2024 foram candidatas mulheres (484.044), estudantes na faixa etária de 19 a 20 anos e autodeclarados pardos 320.537 (44,72%).

 Administração foi a carreira que ofereceu mais bolsas de estudo: 36.963.

Quem pôde participar do ProUni 2024?

Para participar do ProUni 2024, os estudantes precisaram comprovar ter baixa renda. Além disso, eles tiveram que ser participantes de uma das últimas duas edições do Enem.

Além disso, os candidatos foram selecionados por ordem de prioridade, como, por exemplo, ter estudado em escola pública ou bolsista em particular.

Brasil Escola
Compartilhar
Publicidade
Publicidade