Enem

Correção Enem 2017

Mundo vestibular

O Enem de 2017 está cheio de novidades. A principal delas tem um impacto bem significativo na vida do participante.

31 out 2017
15h02
atualizado às 15h49
  • separator
  • comentários

O Enem de 2017 está cheio de novidades. A principal delas tem um impacto bem significativo na vida do participante: as provas agora são aplicadas em dois domingos seguidos.

Este ano o Enem acontece nos dias 5 e 12 de novembro.

Mas e a correção, como fica? O MEC vai divulgar as respostas? Quanto tempo vamos ter que esperar até saber o gabarito do exame?

A gente foi atrás dessas informações e conta tudo para você a seguir!

Quando sai a correção do Enem 2017?

Aqui, a gente precisa dividir a "correção" em três momentos:

1. A divulgação da correção extraoficial, feita por especialistas.
2. A divulgação do gabarito oficial, que abrange apenas as provas objetivas.
3. O resultado do Enem, com a pontuação do candidato em cada uma das provas, incluindo a redação.

Então, respondendo por partes:

Correção extraoficial: essa você vai poder conferir aqui mesmo, no dia de cada prova, algumas horas após o encerramento.

Gabarito oficial: o MEC estima que os gabaritos oficiais ficarão disponíveis na Página do Participante do Enem até o terceiro dia útil seguinte à aplicação de cada prova, ou seja, até o dia 8 de novembro, para a prova do primeiro dia, e no dia 15 de novembro, para o segundo.

Resultado do Enem: aqui, vamos ter que esperar um pouco mais. A previsão é que o resultado do Enem 2017 só saia lá pelo dia 19 de janeiro de 2018.

O que fazer enquanto a correção do Enem 2017 não sai? Nessa reta final, você já deve estar roendo as unhas. Nossa primeira dica é: foco nos estudos e nas providências que precisam ser tomadas para o dia da prova.

E por falar em providências, você já sabe qual é o seu local de prova?

Se ainda não tiver seu cartão de confirmação de inscrição, faça isso agora. Ele está disponível para consulta (gratuitamente, pela internet) desde o dia 20 de outubro.

O processo é muito simples: basta acessar a Página do Participante do Enem https://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial usando seu login e senha, baixar e imprimir o cartão de confirmação. Também dá para consultar o cartão de confirmação, com o local de prova, pelo aplicativo oficial do Enem 2017 para celulares.

Como vai ser a prova do primeiro dia do Enem 2017?
A primeira prova do Enem 2017 será no dia 5 de novembro (domingo) e terá 90 questões objetivas, mais a redação. A distribuição é a seguinte:

- 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

- 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias

- Redação (modelo dissertativo-argumentativo)

A duração do primeiro dia do Enem 2017 é de 5 horas e meia. Isso inclui aguardar o sinal verde do fiscal para abrir o caderno de provas, resolver todas as questões, passar o gabarito para o cartão-resposta, desenvolver a redação e passar o texto a limpo para a folha correspondente.

Importante: os cadernos de prova (rascunhos) não serão corrigidos e não valem nenhuma pontuação. Para o resultado do Enem, o que vale mesmo é o que você entregar no cartão-resposta e na folha de redação. Por isso, não bobeie!

Como vai ser a prova do segundo dia do Enem 2017?

O segundo dia do Enem 2017 também vai ser num domingo, 12 de novembro. Nessa etapa os participantes terão 4 horas e meia para resolver:

- 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

- 45 questões de Matemática e suas Tecnologias

Qual o horário das provas do Enem 2017?

Fique de olho nos horários do Enem 2017:
12 h: abertura dos portões
13 h: fechamento dos portões
13h30: início das provas Os horários divulgados pelo MEC correspondem à hora oficial de Brasília . Portanto, quem for fazer a prova nos estados que não seguem esse fuso horário precisa redobrar a atenção.

Como funciona a correção do Enem?

A correção do Enem levam um tempão. São dois meses entre a aplicação da última prova e a divulgação dos resultados. Isso acontece, em grande parte, devido à complexidade do sistema de pontuação utilizado no exame.

As provas objetivas são corrigidas segundo a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um modelo que utiliza cálculos complexos e leva em consideração o desempenho de todos os participantes daquela edição, a coerência do candidato e (acredite!) consegue identificar chutes.

Já a redação é corrigida de forma manual, por pelo menos dois avaliadores diferentes. Imagine a trabalheira de avaliar milhões e milhões de textos! Mesmo com vários corretores credenciados pelo MEC, é uma pedreira e tanto.

Dá para descobrir minha pontuação no Enem somando os acertos?

Já pensou em acabar logo com a ansiedade e descobrir sua pontuação do Enem usando apenas o gabarito? Seria ótimo, não é mesmo? Acontece que, infelizmente, isso não é possível.

O motivo é o que a gente explicou ali em cima: o modelo de correção das provas objetivas e a impossibilidade de ter um "gabarito" para a redação impedem o candidato de saber com antecedência quantos pontos fez no Enem.

O jeito é mesmo esperar. E enquanto isso, já dá para sonhar com o curso superior!

Você já deve saber que sua nota do Enem é um passaporte para a faculdade e que se tiver uma boa pontuação poderá até estudar totalmente de graça. Vamos recapitular as possibilidades?

O que posso fazer com a nota do Enem 2017?

Com a nota do Enem 2017 você pode:

Entrar na universidade pública em 2018 sem fazer vestibular: o caminho é o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do qual participam mais de 100 instituições pelo Brasil afora. Para concorrer a uma vaga basta não ter zerado na redação do Enem 2017. Mas não se engane! A concorrência aqui é de doer!

Tentar uma bolsa de estudos do ProUni 2018: para tentar uma bolsa do Programa Universidade para Todos é preciso apresentar desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem mais recente, sem ter zerado na redação. Além disso, o candidato deve se enquadrar em requisitos de renda familiar e formação.

Concorrer a um financiamento do FIES: aqui dá para apresentar o desempenho em qualquer Enem a partir de 2010, desde que você tenha 450 obtido pontos na média das provas e não tenha zerado a redação. Há critérios de renda familiar também.

Entrar direto na faculdade particular: com exceção de Medicina e, em alguns casos, Odontologia e Veterinária, dá para entrar em qualquer curso superior usando a nota do Enem, sem fazer vestibular. São muitas as instituições privadas que disponibilizam essa forma de ingresso.

Selecionamos para você algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que participam do ProUni e do FIES, aceitam a nota do Enem como forma de ingresso e oferecem uma série de vantagens aos seus alunos, como descontos, bolsas de estudos e financiamentos facilitados.
Confira:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) - em Minas Gerais

Vai fazer o Enem 2017? Está confiante? Conte para a gente aqui nos comentários!

Mundo vestibular

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade