Como usar a nota do Enem para entrar numa faculdade particular

Descubra como usar sua nota do Enem para entrar na faculdade particular!

17 jan 2018
15h32
  • separator
  • comentários

Podemos dizer que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a prova mais esperada do ano. Durante dois dias, milhões de participantes de todo o Brasil se dedicam a responder 180 questões e fazer uma redação.

Enem
Enem
Foto: Enem virtual

Quando o Exame foi criado, a nota do Enem era usada apenas para avaliar a qualidade do ensino médio. Hoje, serve até para escapar do vestibular e entrar direto em universidades públicas e privadas. Isso mesmo! Seu desempenho nessa prova pode garantir uma vaga até em cursos super concorridos, como Medicina, Engenharia e Direito.

Descubra como usar sua nota do Enem para entrar na faculdade particular!

Como usar o Enem para entrar na faculdade particular?

Existem duas formas principais de entrar na faculdade particular usando a nota do Enem: ProUni e ingresso direto.

Nos dois casos, não é necessário fazer o vestibular tradicional. Basta apresentar o desempenho no Exame. No entanto, a forma de fazer isso varia bastante.

Veja a seguir como funciona cada caso:

ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma iniciativa do Governo Federal que concede bolsas de estudos parciais e integrais a estudantes de baixa renda.

O ProUni faz parte de uma série de programas de acesso ao ensino superior e usa a nota do Enem como critério para selecionar os candidatos a uma bolsa em faculdades particulares reconhecidas pelo MEC.

São duas edições por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre, e o processo é totalmente informatizado. Funciona assim: quem cumprir os critérios de participação pode se inscrever pela internet, escolhendo até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. O sistema recupera automaticamente a nota do Enem de todos os participantes e preenche as vagas com aqueles que tiveram melhor desempenho.

Mas antes que você se desanime, achando que vai disputar uma vaga com estudantes do Brasil inteiro, vale um esclarecimento: entram no páreo somente os candidatos que escolheram o mesmo curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência (cotas ou não).

A cereja do bolo é que você pode acompanhar a classificação quase "ao vivo". Durante o período de inscrições, o sistema do ProUni divulga a nota de corte, a nota mínima para passar no curso que você escolheu. Assim, você pode avaliar se tem chance de entrar naquela vaga e, se for o caso, mudar sua opção de curso. É possível modificar a escolha quantas vezes quiser, enquanto durarem as inscrições. Para fazer a classificação final, o ProUni considera a última opção que você salvou.

Para se inscrever no processo seletivo regular, o ProUni exige que o candidato tenha participado da edição mais recente do Enem e obtido um desempenho mínimo de 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação. Para entrar no processo de bolsas remanescentes, pode ser apresentada a nota do Enem a partir do ano de 2010.

Quem for selecionado no ProUni precisa comparecer à faculdade para apresentar todos os documentos necessários (certificado de conclusão do ensino médio, comprovante de endereço, etc.) e fazer sua matrícula.

As inscrições são gratuitas e o ProUni oferece dois tipos de bolsa:

- Bolsa integral: cobre 100% da mensalidade e é destinada a candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.
- Bolsa
parcial: cobre 50% da mensalidade e é destinada a candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Ingresso direto

Se você não se encaixa nos critérios do ProUni, ou não conseguiu vencer a concorrência para ganhar uma bolsa, ainda assim poderá usar sua nota do Enem para entrar na faculdade particular sem precisar fazer o vestibular.

É que muitas instituições passaram a adotar o desempenho no Enem como uma das formas de ingresso (além do vestibular tradicional, ProUni e vestibular agendado).

Nessa modalidade, o estudante só precisa apresentar sua nota do Enem e em seguida, caso atinja o mínimo necessário, fazer sua matrícula. As regras variam bastante de faculdade para faculdade. Algumas atribuem pesos diferentes às quatro áreas do conhecimento cobradas no Exame (Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Matemática e Ciências da Natureza). Outras pedem uma média de pontuação e há ainda aquelas que só exigem do candidato nota maior do que zero na redação. Dentro de uma mesma instituição, os critérios podem ser diferentes para cada curso.

A melhor forma de saber se você tem chance de entrar em uma faculdade particular usando a nota do Enem é consultar o edital do processo seletivo ou falar diretamente com a secretaria da instituição.

Aqui vale um alerta: escolha uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) para que seu diploma tenha validade no mercado.

Faculdades particulares que aceitam a nota do Enem

São muitas as universidades privadas reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem, seja via ProUni ou como forma de ingresso direto. Conheça algumas das principais:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Centro Universitário Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) - em Minas Gerais
Universidade Estácio de Sá (UNESA)
Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Enem virtual

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade