2 eventos ao vivo

Eduardo Bolsonaro ataca Joice na web: "Se acha dona de tudo"

Deputado foi às redes sociais para criticar a colega de Câmara, que chamou o presidente Jair Bolsonaro de "ingrato"

18 out 2019
14h23
atualizado às 14h55
  • separator
  • 0
  • comentários

A crise entre a base de Jair Bolsonaro e outros membros do PSL ganhou mais um capítulo na tarde desta sexta-feira (18). Após as críticas da deputada Joice Hasselmann, que foi retirada da liderança do governo no Congresso após decisão do presidente, o deputado federal e terceiro filho de Bolsonaro, Eduardo, foi às redes sociais para atacar a colega de Câmara.

Eduardo Bolsonaro criticou Joice Hasselmann nas redes sociais
Eduardo Bolsonaro criticou Joice Hasselmann nas redes sociais
Foto: Reprodução

"Se acha a dona de tudo, 'porque eu aprovei', 'porque eu isso', 'eu aquilo', 'eu sou mais filha do que os filhos do presidente', 'eu sou a Bolsonaro de saias', mas correu a noite coletando assinaturas para termos Delegado Waldir de líder", escreveu Eduardo em uma publicação no Instagram, acompanhada de uma foto da parlamentar estampando uma nota de R$ 3. O parlamentar ainda escreveu que "todos estão trabalhando contra o cara que os elegeu", em alusão à ala dissidente do PSL.

"Não há mais espaço para ingenuidade. Tá cheio de gente que acabou de subir no ônibus e quer sentar na janela", argumentou Eduardo. "Vise agradar seu eleitor e ser fiel, pois de pessoas desleais a sociedade tem asco", finalizou o filho de Bolsonaro.

Entenda a crise entre Joice Hasselmann e Bolsonaro

Bolsonaro resolveu retirar a parlamentar da liderança do governo no Congresso nesta quinta-feira (17). O substituto é o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). Ele é vice-líder do governo no Senado atualmente.

A situação de Joice ficou insustentável no governo na última quarta-feira (16), após a deputada assinar uma lista de apoio à permanência de Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara. Bolsonaro havia articulado para que um dos seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), assumisse o posto. Joice e Eduardo são velhos desafetos e o filho do presidente não queria a parlamentar disputando as eleições para a prefeitura de São Paulo pelo PSL. 

Joice foi escolhida líder do governo em fevereiro, pela indicação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e tinha bom trânsito com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que no início do governo era responsável pela articulação política. Ela vinha perdendo espaço, no entanto, desde que a a articulação foi repassada para a Secretaria de Governo, em agosto. O ministro Luiz Eduardo Ramos, titular da pasta, deu preferência ao líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO).

Após a confirmação do afastamento, a parlamentar foi às redes sociais para comentar a decisão do presidente Jair Bolsonaro. No Twitter, Joice escreveu que deixa o cargo com o "dever cumprido". "Trabalhei 20h por dia para salvar o governo de crises, aprovar pautas importantes para o País, apagar incêndios durante todos esses meses", escreveu.

Ela ainda argumentou que é responsável por "salvar" o mandato de Bolsonaro: "Articulei a reforma da Previdência em todo país, aprovei o PLN que deu ao presidente Jair Bolsonaro R$ 248 bilhões e o salvou de um impeachment. Contive inúmeras crises", continuou a deputada, que ainda escreveu que "não se importa com a ingratidão". "Agora ganho minha alforria", explicou.

Não nasci líder, não preciso disso. Trabalhei 20h por dia para salvar o governo de crises, aprovar pautas importantes para o país, apagar incêndios durante todos esses meses. Agora ganho minha alforria e mais tempo para cuidar do meu mandato e da minha candidatura à prefeitura.

Apesar das palavras duras contra Bolsonaro, Joice reiterou que segue ao lado do presidente, mas condicinou seu apoio ao compromisso com a pauta de combate à corrupção. "Enquanto ele realmente quiser combater a corrupção, sem jeitinho, sem flexibilIzar, sem carteiradas, sem protecionismo a quem quer que seja. Se houver esse compromisso mantido com o Brasil, seguiremos juntos", finalizou Joice, que ainda agradeceu aos líderes dos demais partidos.

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade