0

Venda de espumantes cresce 14% no Brasil e tem Brasília entre as principais cidades consumidoras da bebida

Na capital do país, que se prepara para receber uma feira dedicada ao fermentado brasileiro, o consumo é 40% superior à média nacional

19 jun 2019
15h39
atualizado às 18h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O espumante está sempre em alta, os 365 dias do ano, seja para brindar no Réveillon, no almoço de Páscoa, no Dia dos Namorados, ou ainda em aniversários, batizados e casamentos. Além de ser uma bebida sempre especial para momentos de comemoração, o fermentado nacional também vive um período festivo no que tange a economia. A venda no Brasil cresceu, afirmam dados do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). De 2017 para 2018 este índice aumentou 14%.

Foto: Juliano Sousa / DINO

Na capital do país, a Sparkling Wine Fair (SWF), feira internacional dedicada ao lançamento e venda de espumantes confirma essa tendência entre os dias 13 e 14 de setembro, em espaço de 3 000 metros quadrados no Pontão do Lago Sul. "No Distrito Federal o consumo é 40% superior à média nacional de 25 milhões de litros por ano", afirma Diego Bertolini, gerente de promoção do Ibravin.

Reafirmando os bons números, os da 4ª edição do evento SWF seguem positivos, com estimativa de renda nos negócios superior a R$ 1,3 milhão e o dobro de visitantes do ano passado, previsão em torno de 6 mil pessoas entre enófilos, sommeliers, estudantes de enogastronomia e apreciadores da bebida. Este público terá, nos dois dias do evento muito o que apreciar e brindar. Até agora são 26 empresas participantes. Vinícolas do porte das nacionais Salton, Perini e Aurora, somam-se às estrangeiras Terra Nostra, Vidigal Wines e Cantine Riondo. Rótulos produzidos na Itália França, Argentina, Portugal e Espanha também poderão ser degustados e adquiridos pelo público.

Em paralelo às incontáveis degustações (só em 2018 foram 1 500 garrafas consumidas, número que promete ser maior este ano), a Sparkling Wine Fair também investirá em conhecimento com palestras de Diego Arrebola, tri-campeão do título de melhor sommelier do Brasil, com "Além das celebrações: criando oportunidades de venda para o crescimento do consumo de espumantes on e off trade", ou ainda a de Ivane Fávero, presidente da Associação Internacional de Enoturiusmo (Aenotur), "Enoturismo, o turismo do vinho no Brasil e no mundo".

Também ocorrerão rodadas de negócios em conjunto com a expertise das unidades do DF da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e do Sebrae. "Nossa feira está consolidada e a cada ano apresenta novidades aos visitantes tanto no formato, quanto em atrações e produtos oferecidos", afirma César Santos, da C Produções e Eventos.

No campo da sustentabilidade, a Sparkling Wine Fair também inova no setor. Ao fim do evento, todas as garrafas de espumante consumidas, bem como o papelão das caixas onde elas vieram e ainda as embalagens de água, serão doadas a uma cooperativa de reciclagem nos arredores de Brasília.



Website: http://sparklingwinefair.com.br/

Veja também:

Homem é detido pela PM após furtar casa no Bairro Esmeralda
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade