0

Registrada a primeira Cédula de Produtor Rural 100% digital

8 jul 2020
08h21
atualizado às 08h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Atualmente, é difícil imaginar o campo sem tecnologia. O produtor rural está mais do que acostumado com aplicativos e softwares de gestão, mapas e imagens de satélite, sistemas de meteorologia e até máquinas que trabalham sozinhas.

Foto: DINO / DINO

Além de aproveitar toda a tecnologia aplicada ao gerenciamento de suas propriedades, agora o produtor também pode solicitar e receber crédito digitalmente, direto pelo smartphone ou tablet.

Isso porque foi registrada a primeira Cédula de Produtor Rural (CPR) 100% digital entre um produtor rural e o Banco do Brasil, instituição financeira parceira do homem do campo.

Todo o processo pôde ser realizado digitalmente graças à Nagro, empresa que possibilitou o cadastro e a solicitação de crédito na plataforma disponibilizada pelo Banco do Brasil, com dados exportados do AgRisk.

Depois da análise, a operação foi validada pela diretoria de crédito do Banco do Brasil (DICRE) que, após a aprovação, enviou a cédula por e-mail ao produtor, que assinou digitalmente via certificado digital.

A transação foi devidamente registrada na Central Eletrônica de Registro de Imóveis do Estado de Minas (CRI-MG).

Toda a operação levou cerca de 10 dias, entre o cadastro do produtor, aprovação de crédito, emissão da cédula, assinatura digital e registro.

O Cartório de Registro de Imóveis de Vazante (MG), responsável pelo registro da CPR, emitiu nota: " Foi um processo rápido, prático e seguro. O registro eletrônico facilitará o trabalho dos produtores rurais, que não precisarão se deslocar até o cartório para registrar seus títulos, reduzindo seus custos e ganhando tempo."

A transformação digital do campo

Esse processo de emissão, assinatura e registro público da primeira CPR 100% digital abre um novo precedente para o produtor rural e chega para impulsionar ainda mais o crescimento do agronegócio no Brasil.

A possibilidade de solicitar e receber crédito sem sair da fazenda faz com que o produtor rural tenha mais tempo para se preocupar com o que realmente interessa: a sua propriedade e os seus negócios.
Mais uma vez, a tecnologia aparece como braço forte para ajudar os produtores e toda a cadeia produtiva nacional.



Website: https://nagro.com.br/

Veja também:

As novas armas de Trump para reverter baixa popularidade às vésperas da eleição
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade