8 eventos ao vivo

O crescimento do investimento no setor de Telecom pós-pandemia

Pesquisas mostram que quase 40% das empresas no mundo desejam investir no mercado de telecom em 2020

9 jun 2020
12h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Com a adoção do trabalho remoto por boa parte das companhias, o tráfego de dados doméstico aumentou consideravelmente desde o início da quarentena. E o setor de telecomunicações tem resistido bem a essa mudança de perfil de consumo. 

Foto: https://www.freepik.com/ / DINO

O quadro atual, dentro do cenário de isolamento e novas formas de fazer negócios, vai alterar drasticamente e com muita rapidez o processo de transformação digital das empresas, colocando as comunicações em um papel de destaque. 

Vale lembrar que o setor de telecomunicações de um negócio vai desde o uso da telefonia fixa e móvel à rede de transmissão de dados (link de internet).

Com o decorrer dos anos, muitos empresários e gestores passaram a compreender que a Gestão de Telecom é uma área que necessita não apenas de estudo, mas planejamento e avaliação financeira de recursos. 

Um levantamento da IDC indica que 35% das empresas na América Latina vão investir mais no mercado de Telecom por razão da pandemia

De acordo com o estudo, neste período de quarentena, o aumento do tráfego foi de 30% em redes fixas e 10% em redes móveis, de forma geral dividido em 67% por consumidores e 33% por empresas. No mercado B2B, haverá renegociação de contratos com empresas e flexibilização de pagamentos, principalmente em serviços que envolvam canais digitais residenciais.

Segundo a IDC, os impactos positivos nos serviços de telecomunicações são: aumento no tráfego das redes de dados em cerca de 40%, adoção de serviços não tradicionais, como cloud e soluções de comunicação e colaboração, e aceleração do teletrabalho. Por outro lado, os impactos negativos são a paralisação de projetos e a receita média do cliente de rede móvel, fixa e link de dados. 

O que fazer diante do "novo normal"?

Alguns conceitos precisam estar claros a fim de otimizar recursos e reduzir custos, sendo preciso criar mecanismos de controle para prevenir e atuar sob falhas que possam atrapalhar o processo e gerar despesas desnecessárias, visto que o seu papel não deixará de ser central tão cedo. Ao contrário, nos tempos atuais, a Gestão de Telecom vem ganhando cada vez mais importância. 

Como essa Gestão em Telecom pode beneficiar as empresas?

Um bom exemplo é pensar em negócios que investem em um setor de Telecom e nunca realizaram auditorias para saber se o valor pago condiz com suas necessidades e, principalmente, com a qualidade do serviço prestado.

Diante desse cenário, não é difícil descobrir, muitas vezes, que a empresa está pagando mais do que deveria ou, ainda, utilizando os recursos de maneira errada, chegando a descobrir no meio do processo, até mesmo linhas ativas sem uso.

Uma atitude que, apesar de parecer simples e rotineira, muitas vezes não é aplicada. Tomar essas pequenas atitudes faz com que grandes economias e correções de falhas nas faturas de telefonia fixa, móvel e link de dados, tragam impacto positivo nas receitas. 

Empresas como a NSB, estão presentes no mercado oferecendo uma entrega de qualidade para que a gestão de telecomunicações seja feita de forma eficaz e transparente, absorvendo parte da área operacional e estratégica, trabalhando como uma fonte de informações pertinentes para a tomada de decisão. 

Soluções como gestão de contratos, gestão de faturas e tarifas, gestão de inventários e negociação com operadoras são oferecidas aos clientes que, certamente, vão ter um raio-x completo de todo seu setor de Telecom e descobrir maneiras de realizar uma economia real e eficiente. 

Quais os principais problemas encontrados através da Gestão de Telecom? 

É comum encontrar erros em faturas de todas as operadoras. Por motivos diversos elas podem apresentar erros nos valores de pacotes e tarifas de serviços. Os números variam muito de empresa para empresa, mas o fato é que esse vazamento financeiro costuma ser prejudicial para o orçamento. 

O esquecimento de linhas sem uso é outro sério problema que atinge os negócios, gerando custos desnecessários, pois, mesmo sem consumo, os valores são cobrados mensalmente. 

Lembrando que reduzir despesas através da Gestão de Telecom não significa apenas identificar erros em faturas e recuperar dinheiro, mas também melhorar todos os processos relacionados à área, dimensionar infraestrutura às reais necessidades da empresa, conscientizar colaboradores sobre o uso dos recursos disponíveis e controlar cobranças e pagamentos das operadoras. 

A Consultoria em Telecom da NSB faz um estudo aprofundado e abrangente da situação dos ativos e gastos da empresa e propõe o planejamento e o desenvolvimento de um plano de gestão único, considerando o porte, o segmento de mercado e a importância dos gastos. E o mais importante de tudo é a capacidade de acompanhar as informações em tempo real, permitindo apontar discrepâncias e erros, além de tomar decisões rápidas e mais seguras.

A Gestão de Telecom não precisa e nem pode ser um dos maiores custos da sua empresa. Descubra como alcançar a melhor performance financeira e visibilidade com a NSB!



Website: https://www.nsb.com.br/gestao-em-telecom/

Veja também:

Investigação da BBC revela tortura e abusos em escolas islâmicas no Sudão
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade