0

Modelo de cuidado do câncer que torna o tratamento mais eficiente chega ao Rio de Janeiro

Cancer Center oferecerá todos os serviços e recursos necessários para a avaliação, o diagnóstico e o tratamento da doença em um único local

28 mar 2018
13h34
  • separator
  • comentários

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta que, em 2018 e 2019, serão diagnosticados 1,2 milhão de novos casos da doença, perto de 600 mil por ano. E a falta de prevenção e o diagnóstico tardio contribuíram para o aumento do número de mortes por câncer no Brasil, que subiu 31% em 15 anos (2000/2015), segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foto: DINO

Tendo em vista a potencialização da qualidade, da precisão e da rapidez do diagnóstico e do tratamento do câncer - que aumentam muito as chances de sucesso nos cuidados com o paciente -, o Americas Centro de Oncologia Integrado iniciará, no próximo dia 2 de abril, as atividades do seu Cancer Center, o mais completo da rede privada do Rio de Janeiro. Localizada no complexo médico-hospitalar Americas Medical City, na Barra da Tijuca, a unidade contará com diagnóstico, tratamento, atendimento de emergência 24 horas e internação hospitalar especializada, reproduzindo um modelo de abordagem integrada que tem alcançado êxito em instituições conceituadas fora do Brasil, como o MD Anderson, da Universidade do Texas.

Dados internacionais confirmam que, quando os pacientes contam com todos os recursos em um único local, o cuidado prestado e os resultados são significativamente melhores. Em 2015 foi publicada uma análise que envolveu 69.579 adultos com câncer, tratados nos EUA entre 1998 e 2008. O grupo, que recebeu os cuidados em um centro completo de câncer, apresentou uma redução de mortalidade que variou de 20% a 50%, dependendo do tipo. Esse resultado foi mais impactante em tumores que necessitam de abordagem multidisciplinar, como os de pâncreas, vias biliares e pulmão.

No modelo de Cancer Center, a confirmação do diagnóstico da doença é feita num prazo médio 30% menor, com variações entre os seus diferentes tipos, na comparação com o modelo em que os serviços são fragmentados - em alguns casos, o ganho de tempo é ainda maior. "No país, são perdidos de três a quatro meses entre a realização de uma consulta e o início do tratamento. Em nosso Cancer Center, será possível detectar a doença e definir o melhor tratamento com mais precisão e rapidez", ressalta Nelson Teich, diretor executivo do Americas Centro de Oncologia Integrado.

No Cancer Center, estarão disponíveis todos os tipos de exame que dão suporte à detecção do câncer - inclusive no momento mais precoce da doença -, como a mamografia, a tomografia, o pet scan, a ressonância magnética e exames de medicina nuclear. A radioterapia, utilizada em 60% dos pacientes em alguma etapa do tratamento, será realizada com tecnologia de alta precisão para monitorar e atingir os tumores, o que a tornará mais rápida e com menos efeitos colaterais. A unidade também contará com 19 consultórios e 16 boxes individuais para a realização de quimioterapia.

"Profissionais especializados e recursos tecnológicos, como métodos de imagem avançados e biologia molecular, nos garantem um tratamento mais adequado às necessidades e características dos pacientes, o que chamamos de oncologia personalizada ou de precisão", destaca a médica Clarissa Baldotto, diretora de Cuidados Integrados do Cancer Center.

Quando a indicação for o tratamento hospitalar, o Cancer Center oferecerá 55 leitos de internação, entre unidades de terapia intensiva (UTI) e apartamentos individuais. Contará ainda com um centro cirúrgico de última geração, com destaque para as salas híbrida e de cirurgia robótica, que permitem a realização de procedimentos mais precisos e menos invasivos.

Cancer Center do Americas Centro de Oncologia Integrado estará conectado a cinco unidades satélites da instituição nos bairros da Barra da Tijuca e Botafogo; e em Niterói e Nova Iguaçu. O corpo clínico da rede é composto por mais de 250 profissionais, entre oncologistas, radio-oncologistas, patologistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos, dentistas e enfermeiros, todos especializados nos cuidados a pacientes com câncer. Atualmente, a equipe do Americas Centro de Oncologia Integrado é responsável por cerca de 40% do total de pacientes em tratamento oncológico em serviços privados do Rio de Janeiro.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade