1 evento ao vivo

Mais brasileiros passaram a adotar bancos virtuais, segundo pesquisa da Fiserv

Quase 20% dos brasileiros agora têm sua conta principal em um banco digital, com jovens de 18 a 34 anos liderando o movimento

30 jan 2020
16h51
atualizado às 17h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Graças aos avanços da tecnologia e às mudanças nas preferências dos consumidores, os bancos virtuais se aproximam cada vez mais dos tradicionais. De acordo com pesquisa encomendada pelo fornecedor global de tecnologia de serviços financeiros Fiserv, Inc. (NASDAQ: FISV) e realizada pela Toluna Insights, quase 20% dos brasileiros agora têm sua conta financeira principal em um banco digital, apenas online e sem agências físicas.

A pesquisa, feita com 600 brasileiros, constatou que enquanto 61% dos consumidores têm sua conta financeira primária em um grande banco nacional, 18% optam por um banco digital. Juntas, essas porcentagens superam os 11% que têm sua conta principal em um banco regional (físico, mas de menor porte do que os de alcance nacional). O resultado mostra que os bancos virtuais são mais populares entre os consumidores entre 18 e 34 anos, uma vez que 21% dos respondentes dessa faixa etária possuem sua conta principal em um banco digital.

A popularidade dos bancos virtuais ressalta a mudança nas preferências do consumidor e uma afinidade crescente pelas interações financeiras digitais em geral. Independentemente de onde possuem sua conta principal, os entrevistados preferem predominantemente interagir com sua organização financeira principal via aplicativos de mobile banking (43%) e internet banking (25%), enquanto as interações tradicionais nas agências foram escolhidas por 16%. "O consumidor espera cada vez mais por experiências modernas e intuitivas, não importando qual banco ele escolha para ter sua conta principal", explica René Salazar, vice-presidente de soluções bancárias da Fiserv para a América Latina.

Em muitos casos, as instituições financeiras podem aprender com as fintechs, que estão estabelecendo o padrão para as experiências digitais dos consumidores. Às vezes, isso significa colaboração e, em outras, implantar tecnologia que pode nivelar o campo de atuação, permitindo experiências financeiras digitais alinhadas às expectativas dos consumidores de hoje.

"Com o DigitalAccess da Fiserv, as instituições financeiras podem atender seus clientes com mais eficiência, proporcionando uma experiência online enriquecida, mantendo o controle total de sua estratégia", diz Salazar. "O Digital Access permite uma experiência perfeita do cliente em todos os dispositivos, de smartphones a tablets, laptops e desktops, ajudando a posicionar nossos clientes para competir de maneira eficaz em um mundo digital em constante mudança, completa".

A Fiserv, com sede em Wisconsin, entrou no Brasil em 2009 e oferece uma variedade de soluções financeiras premiadas que podem ser integradas a um sistema preexistente ou implantadas como soluções independentes. O DigitalAccess é uma solução única para todas as necessidades online e móveis. Ajuda as instituições financeiras a oferecer toda a gama de serviços bancários e de pagamento digital que os consumidores de hoje exigem - de maneira rápida, segura e eficaz.


Sobre a Fiserv
A Fiserv, Inc. (NASDAQ: FISV) visa movimentar dinheiro e informações de uma maneira que mova o mundo. Como líder global em pagamentos e tecnologia financeira, a empresa ajuda os clientes a obter os melhores resultados da categoria por meio de um compromisso com a inovação e a excelência em áreas como processamento de contas e soluções de bancos digitais; processamento de emissor de cartão e serviços de rede; pagamentos; comércio eletrônico; aquisição e processamento de comerciantes; e a solução de ponto de venda Clover ™, baseada na nuvem. A Fiserv é membro do S&P 500® Index e do FORTUNE® 500 e está entre as Empresas Mais Admiradas do Mundo da Revista FORTUNE®.



Website: https://www.fiserv.com/

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade