1 evento ao vivo

Locação de empilhadeiras tem potencial de crescimento ainda maior durante a crise

27 jun 2020
10h28
atualizado em 29/6/2020 às 12h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil tem um mercado de aproximadamente 20 mil empilhadeiras vendidas por ano, das quais 50% são alugadas pelas empresas. Uma realidade bem diferente do segmento de caminhões, onde a locação representa apenas 1% da frota nacional.

Foto: Banco de Imagens / DINO

E o potencial de crescimento do aluguel de empilhadeiras ainda é muito grande. Enquanto o Brasil conta com oito destes equipamentos para cada 100 mil habitantes, na Alemanha, por exemplo, são 100 máquinas para cada 100 mil pessoas.

A Marbor Frotas Corporativas aposta na expansão deste mercado, especialmente na crise, quando as vantagens da locação são ainda maiores. Além da redução de custos, que pode chegar a 30% em relação a máquinas próprias, os contratos de aluguel de empilhadeiras também incluem manutenção dos veículos e até treinamento dos operadores.

"Nosso diferencial é ter capacidade financeira para atender qualquer demanda do cliente, com disponibilidade inclusive para grandes frotas de empilhadeiras", informa Renato Vaz, diretor da Marbor.

Assim como ocorre na sua área de locação de caminhões, a Marbor também customiza a frota de empilhadeiras, de acordo com as necessidades de cada cliente, podendo contar com máquinas elétricas ou a combustão, de todos os portes e ainda com implementos.

O executivo da Marbor expõe outras vantagens do aluguel de empilhadeiras. "A locação não requer entrada e tem parcelas reduzidas. Além disso, há mais agilidade para aumentar a frota, caso necessário. E, para completar, a locadora faz a gestão dos veículos e presta todo suporte ao cliente em eventuais momentos críticos", diz Renato Vaz.

Seminovos e Liquidez

Desde o início da pandemia de Covid-19 no Brasil, a Marbor Frotas Corporativas vem lançando novos serviços para ajudar seus clientes a lidar com a crise. Estão entre eles a locação de veículos seminovos, incluindo caminhões e empilhadeiras, e o Plano Marbor de Liquidez (PML), em que a locadora compra a frota do cliente, mas este continua utilizando os mesmos bens, pagando um aluguel.

Estes novos negócios também fazem parte de um reposicionamento estratégico da Marbor Frotas Corporativas, iniciado no ano passado. Para se consolidar entre os players do mercado de locação, a empresa dobrou o seu volume de veículos, apostando principalmente nos segmentos de logística e de PME (pequenas e médias empresas), com locação de caminhões, empilhadeiras e automóveis.

Conta em Foco

A Marbor Frotas Corporativas também lançou recentemente uma ferramenta para ajudar empresas a comparar os custos de da terceirização com os da frota própria: o "Conta em Foco", desenvolvido por professores de Economia da USP, exclusivamente para a Marbor.

Após contato com a locadora, o interessado recebe um link para fazer a simulação. Basta preencher um formulário com os dados dos veículos que possui ou pretende comprar, como valor de aquisição, custo financeiro, custos com impostos, licenciamento, seguro e custos administrativos. A partir daí a planilha gera automaticamente todo o fluxo de caixa da operação, calculando o Valor Presente Líquido (VPL), e demonstra qual a melhor opção para aquela empresa, se locação ou compra do veículo.

Os dados lançados na planilha "Conta em Foco" são sigilosos e protegidos por sistema de segurança de dados.

Para ter acesso à ferramenta, basta enviar um e-mail para atendimento@grupomarbor.com.br.

Sobre a Marbor

Fundada há 31 anos, em Mogi das Cruzes (SP), a Marbor Frotas Corporativas integra um grupo fundado pelo empresário Marcos Borenstein, com negócios também nos ramos imobiliário e de hotelaria.

Para a Marbor, o diferencial no mercado de locação é o relacionamento com o cliente. Uma pesquisa realizada em janeiro deste ano, pela SK Cia. da Informação, apontou um índice de satisfação com seus serviços superior a 95%, medidos pela metodologia NPS (Net Promoter Score).

Desde 2013, o Grupo Marbor, vem passando por um processo de reestruturação. Os filhos do fundador (Tatiana, Helio e Larissa), que atuam na companhia, adotaram um modelo de profissionalização, contratando também executivos de mercado, para suportar o crescimento previsto e dar musculatura à gestão.

Recentemente, o Grupo Marbor reformulou suas marcas, que agora estão alinhadas ao novo posicionamento e à estratégia de crescimento destas empresas.

Mais informações: www.marborfrotascorporativas.com.br



Website: http://www.marborfrotascorporativas.com.br

Veja também:

'Passei a odiar meus pais': o relato de um homem submetido a tratamento de 'cura gay'
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade