1 evento ao vivo

Eventos: o que esperar para o ano de 2021?

O ano de 2020 foi desafiador para o setor de eventos: diante da pandemia causada pelo novo Coronavírus, encontros presenciais foram impossibilitados. Ainda assim, em meio às ressonâncias da crise, espera-se que o ano de 2021 seja promissor

17 fev 2021
14h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Dados disponibilizados pela Abrape, Associação Brasileira dos Promotores de Evento, mostraram uma realidade pouco satisfatória em relação ao mercado de eventos: com mais de 300 mil acontecimentos cancelados, os números caíram e estima-se que mais de 840 mil pessoas perderam seus empregos. 

Foto: DINO / DINO

Os números assustam, uma vez que o mercado de eventos é responsável por 4,32% do PIB do país, movimentando aproximadamente R$1 trilhão em quase 600 mil eventos realizados anualmente. 

Por outro lado, o cenário é compreensível: diante de uma crise econômica, sanitária e humanitária, as ressonâncias do isolamento social e todas as outras medidas de contenção do vírus mostram seu impacto. 

Ainda assim, a expectativa de melhora dá as caras. Com o início das vacinações e medidas de proteção flexibilizadas, pequenos eventos já podem acontecer, desde que ocupem até 30% de sua capacidade. Ou seja: reuniões para casamentos, pequenas confraternizações e eventos empresariais podem acontecer, desde que sigam todas as exigências impostas para a segurança dos que estão presentes. 

Volta aos poucos

Para Nemuel Campos, CEO do Lirica Produções Musicais, o ano de 2021 deve ser um pouco mais confortável. "Com um pouco de flexibilidade, conseguiremos atuar de acordo com os protocolos", aponta. O empresário, que já atua no ramo há mais de 10 anos, entende que o delicado momento deve passar em breve e que o mercado voltará a performar tão bem como antes. 

"Após a liberação dos eventos com números reduzidos de convidados, tudo mudou, mas, em especial, os casamentos. Uma nova tendência que notamos foi o Elopement Weekend. Definimos como 'Um casamento a dois', casamentos que acontecem de maneira repentina e secreta, com poucos convidados", compartilha Nemuel. 

Além disso, a Lírica Produções Musicais agora participa de muitos eventos on-line, assim como transmissões ao vivo, as famosas lives. Entretanto, o CEO aposta em novidades para aquecer os negócios durante o novo ano.  

"Serenatas, festas na caixa e eventos híbridos ou virtuais são nossa aposta. Este é um mercado que trouxe novidades e performou bem em 2020 - e acredito que irá continuar, ainda mais agora que já se iniciou a imunização da população. Os eventos já retornaram em formatos menores, sempre seguindo as normas de segurança, e acredito que aos poucos o setor de eventos voltará ao movimento de antes", finaliza Nemuel. 

Música para eventos de todos os portes 

Nascido em Cuiabá, Mato Grosso, Nemuel fundou a Lírica Produções Musicais para disseminar a música em acontecimentos. Com especialização em música e produção musical para eventos, casamentos, aniversários, noivados e eventos corporativos, o CEO, à frente da empresa, nasceu em uma família de músicos e trabalha com a arte desde seus 12 anos. 

Para saber mais sobre a marca, basta acessar: 

Instagram: @liricaproducoesmusicais_

Contato: (65) 99306-8005

E-mail: lircaproducoesmusicais@gmail.com

Veja também:

Homem é detido pela PM após furtar casa no Bairro Esmeralda
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade