1 evento ao vivo

Dicas de segurança para condomínios residenciais

15 nov 2017
00h32
  • separator
  • comentários

De acordo com dados estatísticos é possível constatar que um expressivo número de roubos e furtos a casas e edifícios residenciais e isso acontece, principalmente, por desatenção dos próprios moradores e funcionários, por não observarem regras básicas de segurança, gerando a oportunidade para criminosos atuarem.

Foto: DINO

Por isso a GE Segurança organizou algumas dicas e recomendações simples, mas que a sua completa observância poderá evitar uma série de problemas, transtornos e até crimes. O objetivo é despertar a atenção de moradores e colaboradores de condomínio residenciais para práticas de manutenção da segurança tanto do patrimônio como de moradores.

Dentre as dicas temos medidas de proteção individual que são as ações conscientes para se proteger contra-ataques. Estas medidas podem envolver atos simples como portas e janelas de segurança com grades de proteção em sua casa, trancar o carro, evitar áreas perigosas ou de alto índice de criminalidade.

Dicas para condomínios residenciais:
Todos os membros da família devem conhecer e praticar a conscientização de segurança de forma contínua.
- O condômino deve informar às guaritas, os dados de eventuais visitantes.
- Os visitantes que pertençam à família do morador (filhos, pais, irmãos e outros) devem ser previamente cadastrados.
-Quando da realização de festa, o condômino deve encaminhar, com antecedência, lista dos convidados à portaria para que o acesso seja liberado após identificação e conferência.
- O acompanhante do condômino deve descer do veículo antes de entrar à garagem, sendo orientado a se dirigir à entrada de pedestres.
-O condômino deve passar sozinho pela eclusa e aguardar a liberação de seu convidado na parte interna e segura do prédio.
- O desconhecido obrigatoriamente passará pelo processo de identificação e, somente após sua identificação, poderá ter o seu acesso liberado.
- O condômino deve autorizar, previamente, por escrito, a entrada de corretores, onde constarão seus nomes e seus documentos de identificação (Carteira de Identidade e Documento de identificação pessoal emitido pelo CRECI).
- O cliente do corretor obrigatoriamente deve passar pelo processo de identificação e cadastramento na portaria do prédio para ter seu ingresso liberado.

Dicas para segurança pessoal
•Permanecer sempre alerta
•Conheça o seu entorno e vizinhança
•Evite rotinas (varie horários, rotas e itinerários)
• Esteja alerta para prestadores de serviços que solicitam acesso à residência.
• Mantenha os números de telefone de emergência perto do telefone.
• Recuse entregas de pacotes sem o devido conhecimento ou pedido.
• Restringir a posse de chaves da casa.
• Familiarize-se com os seus vizinhos.
• Não indicar a presença ou ausência de outras pessoas na casa.
• Faça um reconhecimento positivo de todos os visitantes antes de abrir a porta.
• Ensine as crianças para chamar a polícia ou outros serviços de emergência.

Estas foram apenas algumas dicas simples e práticas com o objetivo de fornecer aos condôminos uma visão geral, e as recomendações para as práticas de segurança, algumas das informações podem não ser aplicáveis a todos, mas ter conhecimento dos princípios básicos de um programa de segurança para melhor prepará-lo a tomar decisões sábias sobre a sua segurança pessoal, bem como a de sua família.

GE Segurança
(11) 3931-2771
www.geseguranca.com.br


DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade