1 evento ao vivo

Cada pessoa com deficiência auditiva, não tratada, custa à sociedade 9.100 dólares americanos, por ano

25 fev 2019
11h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Um relatório científico mostrou que deficiência auditiva não tratada custa para a sociedade cerca de 9.100 dólares americanos por pessoa, quando esta não submete-se a um tratamento.

Um novo relatório mostrou que deficiência auditiva não tratada custa para a sociedade 9.100 dólares americanos por pessoa quando o cidadão não se submete a um tratamento. Segundo o estudo, 7% de todos os adultos convivem com deficiência auditiva. E mais de 2 entre 3 não tratam sua deficiência auditiva.

Os custos estão relacionados ao baixo nível de qualidade de vida, e ao alto índice de desemprego entre pessoas com deficiência auditiva. Os custos não cobram despesas extras causadas por deficiência auditiva.

Deficiência auditiva é definida pelo grupo de pesquisa Global Burden of Disease (GBD), como uma perda auditiva superior a 35 decibéis (dB) no ouvido melhor.

Os cálculos foram realizados com base no relatório "Hearing Loss - Numbers and Costs" usando dados acerca do número de pessoas com deficiência auditiva, uso de aparelho auditivo, desemprego e qualidade de vida. O relatório é um estudo-meta que tem analisado e comparado centenas de estudos científicos e artigos nas últimas duas décadas sobre a predominância e consequências de deficiência auditiva, uso e benefícios de aparelho auditivo.

Deficiência auditiva não tratada nos Estados Unido custam 185 bilhões de euros por ano.

O relatório constatou que o uso de aparelho auditivo e outros instrumentos auditivos melhora a saúde e aumenta a qualidade vida. Foi também provado que pessoas com deficiência auditiva, não tratada, encontram-se em grande risco de isolamento social, depressão, declínio cognitivo e demência. Já as pessoas que tratam de sua deficiência auditiva não experimentam um maior risco do que pessoas sem deficiência auditiva.

A maioria das pessoas não trata sua deficiência auditiva, enquanto menos que uma em três com deficiência auditiva usa aparelho auditivo ou outros instrumentos aditivos. Com o crescimento da população e com o início precoce de deficiência auditiva devido ao aumento de exposição a ruídos, mais pessoas irão conviver com deficiência auditiva nos próximos anos.

"O relatório científico demonstrou claramente que deficiência auditiva não tratada é o principal problema de saúde , e que deficiência auditiva não tratada tem um grande impacto econômico e social. Foi provado também que vale a pena checar e tratar deficiência auditiva, e isso tanto beneficia o indivíduo como a sociedade em geral", afirma o Secretário Geral, Kim Ruberg da Hear-it AISBL, o qual publicou o relatório.

"Se você acha que tem deficiência auditiva, eu aconselho que faça um check-up de sua audição. Você pode começar fazendo um teste de sua audição ao usar o aplicativo da Organização Mundial da Saúde (OMS) "Cheque sua audição", ou teste sua audição online no link www.hear-it.org. No entanto, se você suspeita que tem problema auditivo eu aconselho que procure um audiólogo para fazer um teste de audição com mais precisão, afirma Kim Ruberg.

O Dia Mundial da Audição é realizado pela Organização Mundial da Saúde, sigla em inglês (WHO), a cada ano no dia 3 de março, e tem como objetivo conscientizar as pessoas a prevenir-se de surdez, deficiência auditiva e promover cuidados com o ouvido e audição, no mundo inteiro. O tema para o Dia Mundial de Audição 2019 é "Cheque sua audição".

O relatório "Hearing Loss - Numbers and Costs", foi realizado pela Hear-it AISBL e conduzido pela Professora Emérita Bridget Shield, Brunel da Universidade em Londres, e teve como assistente o Professor Mark Atherton, da Universidade Brunel, em Londres. A Professora Bridget Shield organizou o primeiro relato da Hear-it AISBL: "Evaluation of the Social and Economic Costs of hearing Impairment".

Sobre Hear-it AISBL
Hear-it AISBL é uma organização sem fins lucrativos, localizada em Bruxelas, Bélgica. O objetivo da Hear-it é coletar, processar e fazer circular informações científicas atualizadas, como também outras informações relevantes acerca de deficiência auditiva, e suas consequências para o indivíduo e socioeconômicas, como também as possibilidades e benefícios do tratamento de deficiência auditiva. Os membros da Hear-it AISBL incluem IFHOH (The International Federation of the Hard of Hearing), EFHOH (European Federation of Hard of Hearing People), AEA (European Association of Hearing Aid Professionals), e membros da indústria de aparelho auditivo. Hear-it AISBL é líder mundial de website voltada para audição e deficiência auditiva: www.hear-it.org

Maiores informações (em inglês):
Secretário Geral, Kim Ruberg, hear-it AISBL, telefone +45 40 300 500 (CET)

Imagens de alta resolução para uso editorial pode ser encontradas aqui:
https://www.hear-it.org/editorial-photos

Como fazer o teste auditivo:
https://www.hear-it.org/pt/teste-de-audi-o-

Perguntas e outras solicitações, envie por gentileza um email para editor@hear-it.org

Para informações em geral acerca de audição, perda auditiva e tratamento de perda auditiva, visite, por gentileza www.hear-it.org

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20190225005613/pt/


Contato:

Hear-it AISBL

Secretário Geral

Kim Ruberg

telefone +45 40 300 500 (CET)


Fonte:

BUSINESS WIRE

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade