6 eventos ao vivo

Apesar da pandemia: mercado de festas e eventos em alta para 2021

24 nov 2020
12h16
atualizado às 15h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O mercado de festas e eventos, ao contrário de outros setores da economia brasileira, estava em um momento promissor quando foi impactado pela pandemia. O setor, que movimentou mais de R$ 17 bilhões em 2018 no Brasil, tinha, de fato, todos os motivos para estar confiante.

Foto: Pixa Bay / DINO

Segundo um estudo mundial realizado em outubro de 2019 pela Eventbrite, plataforma global de venda de ingressos e tecnologia para eventos, em parceria com a agência Mantis Research, mais de 78% dos organizadores de eventos pretendiam fazer mais eventos e aumentar suas equipes em 2020. A pesquisa, que reuniu dados coletados por mais de 6.800 entrevistados, sendo 480 da América Latina (Brasil e Argentina - 51% brasileiros), trazia uma perspectiva de crescimento e de investimentos no setor. Segundo o estudo, 78% dos organizadores brasileiros pretendiam fazer mais eventos em 2020, liderando as expectativas na área, à frente do Reino Unido, que pretendia aumentar em 58%, e Alemanha, com 56%. Tais resultados apontam para o amadurecimento e a consolidação do segmento no Brasil - apesar dos impactos da pandemia.

Com a perspectiva da imunização futura da população, os produtores de eventos e empresas do setor terão que se preparar para atender uma demanda reprimida: de pessoas, famílias, empresas e segmentos diversos.
Para estimular os negócios neste segmento, foi lançada uma plataforma digital com um propósito bem definido: ajudar fornecedores e consumidores a criarem festas mais incríveis. Focada no mercado de festas e eventos de Juiz de Fora, MG, a plataforma visa ampliar a divulgação de produtores e fornecedores do mercado de festas e eventos na cidade, e atrair o público deste segmento com conteúdo de qualidade.

Marketing digital acessível

Apesar dos avanços e importância da Internet, "alcançar novos consumidores através do marketing digital ainda é um grande desafio para muitas empresas, e especialmente, para os pequenos", diz Déia Lima, idealizadora do projeto e sócia da Studio Xpress, agência de marketing digital do RJ. Para ela, muitos dos fornecedores para festas ainda se restringem aos meios convencionais, como o boca a boca e apenas se arriscam nas redes sociais, de forma improvisada. Eles desconhecem ou não investem no marketing digital em outras plataformas, como o e-mail marketing ou SEO, por exemplo, muitas vezes por falta de recursos ou conhecimento. "E é esta lacuna que viemos preencher com o JF Festas. Temos o expertise, a plataforma e a vontade de gerar relacionamentos; e é isso que conduz ao fechamento de novos negócios", acrescenta ela.

Neste mercado promissor e cada vez mais competitivo, é de suma importância a constante busca pela qualificação, por novidades e por tendências, não somente nos produtos e serviços ofertados, mas também na forma de divulgação do negócio. Do bolo ao cerimonial, a plataforma - disponível no link JF Festas - abre espaço para pequenas e grandes empresas apresentarem seus produtos e serviços a um público qualificado. Além de promover a conexão entre consumidores e fornecedores por e-mail, WhatsApp, divulgação através de publicidade em outros canais e SEO, a plataforma oferece conteúdo exclusivo para ajudar a planejar as festas, otimizar orçamentos, e claro, inovar.

Futuro promissor, apesar da pandemia

Novos produtos e serviços surgiram no mercado de festas, com a pandemia. Muitos destes - serenatas, festas em caixas e eventos híbridos ou virtuais, por exemplo - irão continuar, mesmo após a imunização plena. E já se planeja a retomada dos eventos, com segurança e muita inovação, tão logo a vacina esteja disponível. Ou seja, o setor tem tudo para se redimir, e crescer, em 2021.

Ainda sobre a plataforma, o JF Festas se posiciona como o principal canal para a divulgação das empresas e profissionais que atuam em todos os tipos de festas e eventos - entretenimento, social e corporativos - em Juiz de Fora. O modelo de negócio estará disponível para ser replicado em outras cidades, segundo a responsável pelo projeto, que pretende manter a plataforma livre de anúncios. "Temos muitas novidades vindo por aí", acrescenta ela. A plataforma já contava, antes do lançamento, com mais de 1000 seguidores no Instagram (@FestasemJF) e segue crescendo, sinal de que, o mercado de festas e eventos segue forte e promissor.



Website: https://www.jffestas.com.br

Veja também:

Aplicação da 2ª dose da AstraZeneca será após 90 a 120 dias, afirma Beto Preto
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade