PUBLICIDADE

Aluguel de equipamentos de TI pode ser solução para baixar custos das empresas

Após cadastro e aprovação, os produtos alugados pelo Aluga.com são entregues para o uso dos clientes em até um dia útil e o mesmo prazo vale para chamados de assistência técnica

19 mar 2021 22h42
ver comentários
Publicidade

Na era da chamada "economia compartilhada", mais importante do que possuir, é experimentar e economizar. É assim que a Aluga.com, empresa especializada em aluguel de equipamentos para TI, vem ganhando mercado e crescendo na pandemia. Alugar computadores, tablets, equipamentos de projeção, servidores e produtos audiovisuais é uma prática que está crescendo no Brasil e já é bem popular nos EUA e na Europa. No entanto, com o impacto da COVID-19 nas finanças das empresas, o aluguel de hardware foi mais notado pelos empreendedores.

Foto: DINO / DINO

"As buscas por aluguel de equipamento na Aluga.com quadriplicaram no último ano e movimentaram os negócios da empresa. Demos preferência a atender nossos clientes que também ampliaram o parque tecnológico de equipamentos alugados durante a pandemia", comenta Gustavo Pacca, sócio e CTO da Aluga.com. A empresa mantém em seu estoque equipamentos que podem ser ajustados e montados de acordo com as necessidades específicas da empresa contratante.

"Ao optar por alugar equipamentos de TI, a empresa economizará o que teria que investir logo de cara na implantação da tecnologia. Com isso poderá trabalhar o budget, que inicialmente seria gasto com notebooks, tablets, ou impressoras, em outras áreas, sem se preocupar com manutenção e atualizações", destaca Pacca. "Também trabalhamos com softwares de segurança para que sempre que uma máquina retorne à Aluga.com seja totalmente formatada e nenhum dado seja armazenado de forma indevida", conta. A vantagem principal desse tipo de serviço é a praticidade e eliminação de futuros custos.

A Aluga.com oferece suporte para todos os produtos alugados e a facilidade de contratá-los em grande quantidade de forma rápida atrai muito companhias que buscam equipamentos com urgência ou não pretendem adquiri-los para a empresa, ou seja, só usar para um projeto específico, por exemplo.

A rapidez com que o produto chega à mesa do cliente é o diferencial da empresa, que atua com sede no Rio de Janeiro e em São Paulo e pode atender clientes de quase todo o Brasil. "Depois do contrato fechado, o cliente recebe os equipamentos em um dia útil. Esse mesmo prazo vale também para os chamados relacionados à assistência técnica. Dentro do período de 24 horas (dia útil) o técnico já terá feito contato com o cliente e, se o problema não for resolvido de forma remota, haverá a troca do equipamento", finaliza Gustavo.

Planos para 2021

Em 2020, segundo pesquisa da FIA (Fundação Instituto de Administração), de 139 empresas ouvidas sobre adotar o home office como definitivo, 75% afirmaram seguir com a "ideia" imposta pela pandemia. Esse dado contribui para a percepção de Gustavo, que sentiu o aumento na procura do serviço de aluguel de equipamentos de TI em 2020 e prevê que em 2021 não será diferente. "Nossa meta é dobrar o faturamento do ano anterior, este ano, contando com a implantação do home office que pandemia trouxe e veio para ficar."



Website: https://aluga.com/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade