0

Ácido hialurônico: a nova revolução da indústria cosmética

29 nov 2019
19h10
atualizado em 1/12/2019 às 16h46
  • separator
  • 0
  • comentários

A indústria cosmética avança a cada dia no desenvolvimento de novas formulações que prometem melhorar a estrutura da pele, seja no combate aos fatores que provocam o envelhecimento, seja no preenchimento das marcas de expressão que surgem naturalmente com a idade. Uma das novidades nas chamadas linhas anti-aging é o uso do ácido hialurônico, em produtos voltados para a pele do rosto, corpo e cabelos.

Foto: DINO / DINO

Com alto poder de hidratação e a utilização de partículas cada vez menores, os cosméticos à base desses componentes agem em camadas profundas da estrutura celular, o que torna seus efeitos mais rápidos e efetivos. Uma das marcas que vem desenvolvendo pesquisas para incorporar o ácido é a Provanza, de Uberlândia, que acaba de lançar no mercado uma linha de cremes corporais, shampoo e condicionador. As pesquisas levaram cerca de dois anos e outros itens já estão na fila de lançamentos.

Para o médico dermatologista  Jefferson Souza, titular pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, o ácido hialurônico compõe a matriz extracelular encontrada na pele e sua grande capacidade de atrair e reter água contribuem  para tratamentos preventivos relacionados ao envelhecimento cutâneo. "Os tratamentos modernos que utilizam esse componente hidratam de verdade e  proporcionam a elasticidade de uma pele mais jovem", explica.

Produção natural e envelhecimento

Todas as pessoas produzem ácido hialurônico naturalmente. Trata-se de um tipo de açúcar presente em grande quantidade no organismo, em especial nas cartilagens, articulações e na pele. Uma simples molécula é capaz de absorver o equivalente a mil vezes o seu peso em água. Por isso, ela é responsável pelo preenchimento de diferentes tipos de tecidos. Na medida em que ocorre o envelhecimento, a capacidade de produção da substância diminui. É aí que entra a indústria cosmética e suas novas formulações.

Apesar de presente em nosso organismo desde o nascimento, o ácido hialurônico tende a se tornar mais escasso na medida em que a idade chega. Esta alteração compromete especialmente o preenchimento da pele, que ganha rugas, marcas de expressão e flacidez.

Hidratantes com Ácido Hialurônico promovem uma hidratação profunda, reforçam a estrutura da pele e conferem uma aparência firme e lisa. Podem ser usados por homens e mulheres, a partir dos 25 anos de idade. A Provanza desenvolveu duas opções: uma de creme corporal e outra facial.

Os produtos contêm também óleo de girassol (calmante, emoliente, rico em nutrientes e antioxidantes) e extrato de chá branco (antioxidante). São fabricados sem corantes, parabenos ou testes em animais.

Ressecamento dos cabelos

A exposição solar, excesso de química e uso constante de secador e chapinha contribui para acelerar o processo de ressecamento dos cabelos. O ácido hialurônico também contribui para recuperar a hidratação, por meio de shampoos e cremes específicos. A substância atrai água para a fibra capilar, deixando os fios mais resistentes.

A Provanza lançou o shampoo e condicionador Hidro Nutritivo, com extrato de chá branco e ácido hialurônico. São produtos que  penetram nos cabelos  e agem para eliminar o ressecamento, reconstruir a estrutura dos fios, reduzir o frizz e prevenir a queda. O extrato de chá branco fortalece a estrutura capilar, auxilia no nascimento de novos fios e na redução da queda. Sem corantes, sem parabenos, sem adição de cloreto de sódio e sem testes em animais.



Website: http://www.provanza.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade