3 eventos ao vivo

Acesso a crédito através do empréstimo pela máquina de cartão

Ao conectar a máquina de cartão na plataforma, o potencial cliente passa a ter ciência do limite máximo de crédito pré-aprovado.

18 set 2020
19h20
atualizado em 21/9/2020 às 01h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O empréstimo realizado através das máquinas de cartão foi tratado no bojo da Lei nº 14.042, do dia 19 de Agosto deste ano, 2020, responsável por trazer à tona o chamado Peac - Programa Emergencial de Acesso ao Crédito: um consolidado de soluções pensadas para minimizar os efeitos da atual crise sanitária de Covid-19 (Coronavírus) sofridos pelas micros, pequenas e médias empresas e pelos microempreendedores individuais (MEIs).

Foto: DINO / DINO

O Peac surgiu através de uma Medida Provisória, a MP nº 975/2020. Após aprovação por parte do Senado na forma do Projeto de Lei de Conversão (PLV) nº 24/2020 e posterior sanção do Presidente da República, a Lei nº 14.042/2020 passou a valer na data da sua publicação em Diário Oficial, que se deu no dia 20 de agosto.

Esse programa prevê dois tipos de acesso ao crédito: o Peac-FGI (garantido pelo Fundo Garantidor de Investimentos) e o Peac-Maquininhas (que consiste justamente na concessão de empréstimos a serem garantidos por meio da cessão fiduciária de recebíveis, ou seja, os valores a serem recebidos em razão da utilização da máquina de cartão servem como garantia para a obtenção deste crédito).

Os pormenores de como deve funcionar o Peac-Maquininhas foram ditados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), através da Resolução CMN/BACEN N° 4.847 / 2020.

A modalidade de empréstimo pela máquina de cartão acontece, basicamente, em quatro passos:

1. Conexão da maquininha a ser utilizada;

2. Análise do histórico da máquina de cartões para formulação de propostas que correspondam ao fluxo de vendas;

3. Envio de informações à instituição financeira responsável pela concessão do crédito; e

4. Aprovação e consequente depósito do valor contratado em conta.

Como toda boa transação na área das finanças, é necessário tomar algumas medidas de precaução antes de fechar negócio quando o assunto é empréstimo via maquininha. O primeiro passo é entender bem as taxas e o valor a ser pago, tanto em parcelas quanto ao final, para buscar as melhores condições para cada perfil de tomador de crédito. Outro ponto de suma importância é se certificar de que a empresa por trás do empréstimo é séria e se preocupa em garantir a segurança da transação como um todo, notadamente em relação aos dados que são fornecidos para se efetivar o empréstimo.

A Cred2 é um grupo financeiro composto por Zoombank e Zoompay que facilita o acesso a produtos e serviços financeiros por meio de uma plataforma online, que pode ser acessada de qualquer computador, tablet ou smartphone que possua acesso à internet. Com a Cred2, é possível contratar crédito digital de forma 100% segura, já que toda a transação é criptografada. O custo é fixo e as parcelas são flexíveis.

Na Cred2, ao conectar a máquina de cartão na plataforma, o potencial cliente passa a ter ciência do limite máximo de crédito pré-aprovado. Podendo, desde já, decidir qual o valor que deseja solicitar de empréstimo. Tudo rápido, simples de contratar, prático de pagar, seguro e digital.

E agora com mais uma supernovidade: o grupo Cred2 anunciou que irá criar um portal de serviços financeiros tipo Fintech.

Mais informações em https://www.cred2.com.br/



Website: https://www.cred2.com.br/

Veja também:

Investigação da BBC revela tortura e abusos em escolas islâmicas no Sudão
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade