3 eventos ao vivo

Ministro do Turismo também está com covid após posse de Fux

Marcelo Álvaro Antônio está assintomático e trabalhará em casa, segundo a pasta

18 set 2020
11h35
atualizado às 11h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

BRASÍLIA - O ministro do Turismo,

Marcelo Álvaro Antônio durante entrevista coletiva realizada na 49ª Expo ABAV 2019, em São Paulo.
Marcelo Álvaro Antônio durante entrevista coletiva realizada na 49ª Expo ABAV 2019, em São Paulo.
Foto: Roberto Castro / Mtur / Divulgação

, testou positivo para coronavírus nesta sexta-feira, 18. Segundo nota divulgada pela pasta, o ministro encontra-se assintomático e seguirá isolado e trabalhando de casa, adotando os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde.

 

Álvaro Antônio é a sétima autoridade presente na posse de Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) a ser diagnosticado com o novo coronavírus. O evento foi realizado na sede do tribunal, em Brasília, no último dia 10.

Estiveram na solenidade e testaram positivo para a covid-19:

  • Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara
  • Luis Felipe Salomão, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ)
  • Antonio Saldanha Palheiro, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ)
  • Maria Cristina Peduzzi, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST)
  • Augusto Aras, procurador-geral da República
  • Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo

Em nota divulgada nessa quinta-feira, 17, quando seis convidados já haviam sido diagnosticados com o novo coronavírus, o STF afirmou que passou a contactar os demais presentes sobre a importância de buscarem o serviço médico caso tenham algum sintoma.

"O Supremo Tribunal Federal, por meio do setor de Cerimonial, está em contato com os convidados que estiveram presentes à solenidade para alertá-los sobre a importância de buscarem serviço médico, caso tenham se exposto de alguma forma também em outros eventos fora do STF. A Secretaria de Serviços Integrados de Saúde (SIS) do Tribunal também está atenta e à disposição dos servidores para orientá-los sobre eventual realização de testes e procedimentos a serem adotados em casos positivos", diz nota enviada pela Corte.

Na equipe de Bolsonaro, o ministro do Turismo é o 9º do primeiro escalão a ser diagnosticado com a doença. Além do próprio presidente, já testaram positivo os seguintes ministros:

  • Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional)
  • Bento Albuquerque (Minas e Energia)
  • Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações)
  • Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União)
  • Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência)
  • Marcelo Álvaro Antônio (Turismo)

Veja também:

Os navios gigantescos que a pandemia mandou para o desmanche
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade