PUBLICIDADE

Grupo técnico citado por Queiroga defende vacinação infantil

Câmara Técnica já aprovou, de forma unânime, a imunização em crianças com a vacina da Pfizer

19 dez 2021 14h59
| atualizado às 15h48
ver comentários
Publicidade

A Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19), comitê ligado ao Ministério da Saúde, recomenda a vacinação de crianças de 5 a 11 com a vacina da Pfizer. A decisão foi tomada após reunião do comitê, formado por médicos e pesquisadores, realizada na última sexta-feira, 17.

"Tendo em vista o recente parecer favorável por parte da ANVISA em relação ao pedido de autorização para aplicação da vacina desenvolvida pela fabricante Pfizer na população pediátrica entre 5 e 11 anos de idade no Brasil, a CTAI COVID-19 manifestou-se unanimemente favorável à sua incorporação na campanha nacional de vacinação, em reunião ordinária realizada no dia 17 de dezembro de 2021", informou a Câmara Técnica em nota divulgada no sábado, 18.

No mesmo dia, o ministro Marcelo Queiroga revelou que aguardava o parecer da Câmara Técnica sobre o tema e ainda afirmou que a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não é suficiente. Além Câmara Ténica, o Conass também já manifestou apoio à decisão técnica da Anvisa sobre o uso da vacina da Pfizer em crianãs de 5 a 11 anos. O Ministério da Saúde pretende decidir sobre o tema apenas em janeiro, quando será  realizada uma audiência pública.  

Criança recebe vacina contra covid-19 em Montreal, no Canadá
26/11/2021 REUTERS/Christinne Muschi
Criança recebe vacina contra covid-19 em Montreal, no Canadá 26/11/2021 REUTERS/Christinne Muschi
Foto: Reuters

A Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19) foi instituída em 5 de agosto de 2021. Dentre as suas atribuições está "realizar análise técnica e científica para propor a definição do público alvo e estimativa de doses necessárias para a imunização; auxiliar técnica e cientificamente as decisões no tocante à segurança do cumprimento do esquema vacinal; elaborar manifestação técnica e científica sobre temas relacionados ao Programa Nacional de Imunizações". 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade