PUBLICIDADE

Urupema (SC) registra menor temperatura no BR este ano

Serra catarinense amanheceu congelada novamente. PR e RS também tiveram frio abaixo de 0°C. Saiba quando frio vai diminuir.

30 jul 2021 14h20
ver comentários
Publicidade

Foto: São Joaquim (SC) - AG. São Joaquim Online

A serra de Santa Catarina comprova mais uma vez que é o lugar habitado mais gelado do Brasil. Em Urupema, a temperatura na madrugada desta sexta-feira, 30 de julho, chegou a -8,9°C , pela medição do Epagri Ciram. Esta é agora a menor temperatura no  Brasil registrada neste ano e neste inverno de 2021, que oficialmente começou em 21 de junho. O recorde anterior de temperatura mais baixa no país este ano, considerando locais habitados, era de -8,6°C, em Bom Jardim da Serra, também na serra catarinense, que ocorreu no dia 29 de julho

Confira algumas das menores temperaturas registradas no país nesta geladíssima madrugada de 30 de julho de 2021, com medições do Instituto Nacional de Meteorologia e do Epagri/Ciram

Ponte Alta do Norte

Urupema/Parque Exposição (SC): -8,9°C

Bom Jardim da Serra/Comunidade XV dias (SC): -8,0°C

Urubici/ Vacas Gordas (SC): - 7.7°C

General Carneiro ( PR):  - 7.3°C

Lebon Régis/ Rio dos Patos (SC):  - 6.7

Curitibanos/ UFSC (SC):  - 6.6°C

Ponte Alta do Norte/ Estrada Geral Tahiti (SC):  -6,5

Bom Jesus/BASF (RS):  -6,0°C

Caçador/ Apicultura (SC):  - 6.1°C

A estação meteorológica do parque nacional do Itatiaia, localizada a 2450 metros de altitude, registrou -7,7°C, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Este é um local desabitado e nesta altitude normalmente já ocorrem temperaturas negativas, ou muito próximas de 0°C, mesmo sem a presença de massas de ar frio tão fortes como esta que o Brasil está sentindo nesta última semana de julho de 2021.

 

Quando o frio intenso diminui?

A madrugada do sábado, 31 de julho,  ainda poderá apresentar valores de temperatura próximos dos que foram observados nesta sexta-feira em muitas áreas da Região no Sudeste, mas para as regiões do Espírito Santo, Vale do Rio Doce e Jequitinhonha e Zona da Mata Mineira o frio deve aumentar. 

A tendência é de elevação de forma geral da madrugada do domingo em diante. Mesmo assim, a Climatempo alerta que as madrugadas  vão ficando menos geladas aos poucos. A população do Sul, Sudeste só terá realmente menos frio a partir da próxima quarta-feira

No Centro-Oeste, a temperatura já terá rápida elevação no fim de semana, mas temperaturas pouco abaixo dos 10°C ainda serão observadas

Climatempo
Publicidade
Publicidade