PUBLICIDADE

Muita chuva sobre Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Diversas regiões dos dois estados acumularam mais de 100 mm em 24 horas e em 72 horas nos primeiros dias do inverno de 2022

24 jun 2022 - 04h58
Ver comentários
Publicidade

Diversas regiões do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina acumularam mais de 100 mm nos primeiros dias do inverno de 2022. Para julho, volumes da ordem de 100 mm representam mais da metade da média normal de chuva para todo o mês. Pelos cálculos do Instituto Nacional de Meteorologia para o período de 1991 a 2020, as maiores médias precipitação em julho no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina são de até 220 mm. Porém, para a maioria das áreas dos dois estados, a média de chuva para julho varia de 140 a 180 mm.

Foto: Climatempo

Foto: Florianópolis (SC), Climaaovivo

As áreas de instabilidade que ainda estão sobre o Sul do Brasil, associadas com a passagem de outra frente fria e da circulação de ventos em diversos níveis da atmosfera, provocam mais chuva nesta sexta-feira sobre norte/nordeste do Rio Grande do Sul e sobre Santa Catarina. Há risco de chuva forte.

Câmeras do Climaaovivo capturam a chegada de nuvens de temporal sobre Florianópolis em 23/6/2022. 

Em Florianópolis, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia choveu cerca de 94 mm em junho, até o dia 23.

Volumes de chuva em Santa Catarina

Em nota à imprensa, Epagri/Ciram, de Santa Catarina, divulgou que o acumulado de chuva entre a manhã do dia 23 e a manhã de 23 de junho de 2022  foram bastante elevados e superaram os 100mm nas regiões do Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul. Diversas áreas destas regiões registraram alagamentos,  descargas elétricas atmosféricas, muito granizo e ventania, com rajadas de 60 a 100km/h no oeste e sul do estado e muitos estragos.

O mapa mostra a distribuição do volume de chuva acumulado entre 7 horas do dia 21 e 7 horas de 23 de junho de 2022, de acordo com o Epagri/Ciram

Foto: Climatempo

Volume de chuva acumulado entre 7 horas do dia 21 e 7 horas de 23 de junho de 2022

Volumes de chuva no Rio Grande do Sul

Confira os cinco totais de chuva mais elevados, acumulados em 72 horas no Rio Grande do Sul, de acordo com o Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais

Passo Fundo/Centro: 180,6 mm

Vacaria/Vila São João: 178,2 mm

Erechim/Paiol Grande: 137,0 mm

São Francisco de Paula/Centro: 95,0 mm

Caxias do Sul: 90,2 mm

Climatempo
Publicidade
Publicidade