0

Frio aumenta e Sul do BR volta a registrar temperatura negativa

Capitais da Região Sul podem ter recorde de frio nesta sexta. Pode gear na Grande Porto Alegre e na Grande Curitiba. Temporais voltam depois do frio!

7 jun 2018
14h00
atualizado às 21h27
  • separator
  • comentários

Outra massa de ar frio de origem polar entrou com força sobre o Sul do Brasil nesta quinta-feira, 7 de junho, fazendo a temperatura cair mais nos três estados. O frio intenso, com temperatura abaixo de 0°C, provocou geada em vários locais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou geada fraca em Bom Jesus (RS), Encruzilhada do Sul (RS), Pelotas (RS) e em Santa Maria (RS). A região de Uruguaiana teve chuva forte.

O Epagri-Ciram (*) registrou até -3,8°C em Urupema (SC) e -3,3°C em Bom Jardim da Serra. Em Vacaria (RS), a temperatura chegou -0,8°C, na medição do INMET. A menor temperatura  no Paraná foi de 2,6°C em General Carneiro.

Frio intenso e mais geada

O frio aumenta por toda a Região Sul nesta sexta-feira, 8 de junho. O centro da nova massa de ar frio passa exatamente sobre o Sul do Brasil. O centro de uma massa de ar frio é a região mais intensa do sistema.

A sexta-feira amanhece gelada, com temperaturas próximas e abaixo de 0°C em muitas áreas dos três estados. As temperaturas mais baixas, que poderão chegar aos 5°C negativos, devem ser observadas nas áreas mais elevadas da serra catarinense. Porém, temperaturas negativas devem ser observadas também na serra e no planalto gaúcho, nas regiões de planalto de Santa Catarina e no sul do Paraná.

Nesta sexta-feira, 8, a geada deve se formar de maneira generalizada sobre a Região Sul do Brasil. Não deve gear no litoral e nem na parte centro-norte do Paraná, embora o frio também seja intenso nestas regiões.

O risco de geada e as áreas possíveis para a formação do fenômeno diminuem no sábado, 9 de junho. Confira a previsão para os próximos dias para Região Sul.

Recorde de frio e geada nas capitais do Sul

O frio aumenta nesta sexta-feira e a madrugada de 8 de junho promete novos recordes de menor temperatura de 2018, até agora, nas três capitais da Região Sul. Pode gear na região metropolitana de Porto Alegre e de Curitiba.

Confira os atuais recordes de menor temperatura deste ano nas capitais do Sul do Brasil, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Porto Alegre (RS): 5,0°C (25/05) 

Florianópolis (SC): 9,0°C (21/05) 

Curitiba (PR): 5,0°C (22/05)

Com previsão de temperatura mínima feita pela Climatempo nesta quinta-feira, Curitiba e Florianópolis podem bater o recorde de frio por dois dias consecutivos, nos dias 8 e 9 de junho. A chance de novo recorde de frio em Porto Alegre no sábado é menor, mas não pode ser completamente descartada.

Temporais à vista

A população da Região Sul deve se preparar para uma brusca mudança no tempo no fim de semana. O sábado, 9, deve ser um dia com características de inverno, com frio, sol e geada e tempo seco. Mas no domingo, nuvens carregadas se espalham sobre o Sul do Brasil por causa de uma queda muito acentuada da pressão atmosférica e da chegada de uma nova frente fria. É alto o risco de temporais no domingo e na segunda-feira em toda a Região Sul.

Geada em São Joaquim (SC)

Em São Joaquim, o frio intenso com temperatura abaixo de zero na quinta-feira, 7 de junho,  permitiu a formação de geada que formou um tapete branco nos campos baixos. Nesta sexta-feira, o fenômeno volta a se formar em grande quantidade proporcionando belas imagens.

Foto: Climatempo

Foto de Mycchel Hudsonn Legnaghi/ São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

Foto: Climatempo

Foto de Mycchel Hudsonn Legnaghi/ São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

Foto: Climatempo

Foto de Mycchel Hudsonn Legnaghi/ São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

Foto: Climatempo

Foto de Mycchel Hudsonn Legnaghi/ São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

Climatempo
  • separator
  • comentários
publicidade