4 eventos ao vivo

Estado de São Paulo continua em alerta para temporais

Frente fria se afasta do litoral paulista, mas ar quente e úmido continuam vindo do Norte do Brasil para SP e alimenta as áreas de instabilidade.

14 jan 2021
00h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O estado de São Paulo continua em alerta para temporais nesses próximos dias. Uma frente fria se afasta do litoral paulista nesta quinta-feira, 14 de janeiro, mas a circulação de ventos níveis mais elevados da atmosfera vai continuar trazendo bastante ar quente úmido do Norte do Brasil para São Paulo. A umidade alta e o calor são ingredientes básicos para a formação das grandes nuvens carregadas que provocam os temporais.

Os temporais desta quarta-feira, 13, ocorreram apenas pelo interior paulista, mas a partir desta quinta-feira as áreas de instabilidade voltam a se espalhar também para o leste do estado aumentando o risco de chuva forte na Grande São Paulo e também pelo litoral.

Nesta quinta-feira,14, há condições para chuva já pela manhã na Grande São Paulo, no litoral, no Vale do Paraíba e no Vale do Ribeira. Pancadas de chuva com raios também podem acontecer a qualquer hora no norte do estado de São Paulo. Nas outras regiões, a previsão é de que a chuva aconteça durante a tarde e à noite.

Há risco de chuva forte e ventos fortes nesta quinta-feira, 14, em todas as regiões paulistas.

Tendência para sexta-feira e para o fim de semana

Durante a sexta-feira, 15 de janeiro, e no fim de semana, a maioria das áreas do estado de São Paulo terá períodos com sol pela manhã e no começo da tarde e as pancadas de chuva com raios tendem a ocorrer à tarde e à noite. Cidades do norte e do oeste do estado de São Paulo poderão ter pancadas de chuva a qualquer hora, mas o ar fica abafado e também ocorrem alguns períodos com sol.

Foto: Climatempo

As manchas em vermelho e amarelo indicam nuvens com grande potencial para temporais (Imagens captadas pelo satélite GOES16 em 13/1/2021)

Balanço dos temporais de 13/1/2021

As fortes áreas de instabilidade que se formaram sobre o estado de São Paulo na quarta-feira, 13 de Janeiro, provocaram uma tempestade na região de Tupã. Em apenas 1 hora choveu 45mm, conforme medição do Instituto Nacional de Meteorologia. O acumulado em 12 horas foi de aproximadamente 80 mm.

Também chamou atenção as tempestades que aconteceram na região de Campinas entre a noite de terça-feira,12, a madrugada da quarta-feira, 13 de janeiro.

Confira as imagens da chuva chegando sobre Piracicaba em 13/1/2021.

Confira os maiores volumes de chuva acumulados em 24 horas, entre 23 horas de 12 de janeiro e 23 horas de 13 de janeiro, aproximadamente, pela medição do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais

Monte Mor/Parque imperial: 121,2 mm

Santo/HUVET -morro Marapé: 108,2 mm

Rio Claro/ Jardim conduta: 99mm

Sumaré Jardim/ Basilicata: 97,4 mm

Campinas/Vila aeroporto: 93,9 mm

Nova Odessa/Centro: 84,6 mm

Conchas/Delegacia: 83,4 mm

Campos do Jordão/Capivari: 79,4 mm

Ribeirão Preto/Centro: 77,2 mm

Atibaia/Boa Vista: 74,6 mm

Ubatuba/Centro: 74,3 mm

São José do Rio Preto/São Francisco: 71,8 mm

Jurumirim/Centro: 70,2 mm

Total de chuva em São Paulo alcança 41% da média de Janeiro

O total de chuva acumulada em São Paulo entre o dia 1 de Janeiro até 9 horas da manhã do dia 13 de Janeiro de 2021 foi de 119,2 mm, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, no Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo.

Isso corresponde a 41% da média de chuva normal para janeiro que é de 288mm.

Em janeiro de 2020, choveu 279,4 mm, mas a chuva ficou quase toda concentrada na primeira quinzena de janeiro.

Veja também:

Previsão Brasil - Pancadas de chuva em todas as regiões
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade