0

Brasil desperdiça R$71 mi em energia por dia

Saiba como reduzir o gasto com energia elétrica nas indústrias, vilões deste desperdício

3 out 2019
12h53
atualizado em 6/10/2019 às 08h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Mais de 71 milhões de reais por dia, ou 52 bilhões de reais em dois anos: este é o montante do desperdício de energia elétrica no Brasil. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ABESCO), que analisou os anos de 2015 a 2017. Isso representa aproximadamente metade de toda a produção de energia elétrica de Itaipu no mesmo período.

O setor industrial é um dos responsáveis por esse processo, pois consome 40% da energia gerada no país. E erra quem pensa que a iluminação é o vilão desta história. Os motores elétricos são os que mais consomem energia elétrica nas fábricas: 68%.

O incorreto dimensionamento das cargas dos motores e equipamentos elétricos é que geralmente ocasionam este gasto adicional, que muitas vezes não é nem notado pelo empresário. "O desperdício é cobrado em valor de multa na conta de energia, que vem descrita como Energia Reativa Excedente. Confunde e pode representar até 30% do valor da fatura", explica Fábio Amaral, diretor da Engerey Painéis Elétricos.

Banco de Capacitores

"Os bancos de capacitores controlam as oscilações de potência dos equipamentos e eliminam a energia reativa excedente. Eles são instalados por grupos de cargas para correção do fator de potência coletivo, ou de modo localizado junto ao equipamento a ser corrigido", afirma Amaral. 

Outro ponto importante é a automação e da troca de motores nos sistemas industriais, já que houve muita inovação e modernização nos últimos anos, garantindo que os equipamentos operem na melhor condição técnica possível: "Tem que olhar para o sistema vendo-o como um consumidor de energia e tomar as medidas necessárias para a redução desse consumo", alerta o engenheiro eletricista Paulo César dos Santos.

Colaborou a assessoria de comunicação da Engerey Painéis Elétricos
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade