PUBLICIDADE

RS: mãe é suspeita de deixar filho morrer de fome e sede

Criança já chegou sem vida ao pronto-socorro da cidade

11 out 2016 18h29
| atualizado às 18h41
ver comentários
Publicidade

Uma mulher de 33 anos foi presa na madrugada desta terça-feira (11) em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, suspeita de ter deixado o próprio filho morrer de fome e de sede. Conforme informações registradas em boletim de ocorrência, a suspeita procurou o pronto-socorro da cidade por volta da meia-noite, com a criança já inconsciente. O bebê, de dois meses, apresentava sinais de desidratação e desnutrição, além de estar sem pulso e com as pupilas dilatadas.

Apesar das tentativas de reanimação, a criança não reagiu e foi constatado o óbito. A partir disso, a equipe médica imediatamente acionou a polícia, que levou a mulher presa em flagrante. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), que não descarta que a criança já estivesse morta horas antes da mãe procurar atendimento.

O corpo da criança foi levado para exame de necropsia, a fim de identificar a possível causa da morte. A suspeita foi encaminhada para a penitenciária da cidade, onde deverá aguardar o andamento do processo.

 

 

 

Fonte: Especial para Terra
Publicidade
Publicidade