PUBLICIDADE

Política

Vereador manobra ambulância do Samu que estava em atendimento e é criticado

José Luiz Borges Junior (Podemos) apagou o vídeo em que aparece dirigindo o veículo, mas postou outro em que reclama da repercussão do caso

20 abr 2024 - 19h27
(atualizado em 21/4/2024 às 23h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Depois da repercussão, o vereador fez um novo vídeo em que considera que a proporção que o caso tomou foi maior que o necessário
Depois da repercussão, o vereador fez um novo vídeo em que considera que a proporção que o caso tomou foi maior que o necessário
Foto: Reprodução/Instagram

Um vereador da cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, publicou um vídeo manobrando uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), que estaria, segundo ele, atrapalhando o trânsito. A cena protagonizada por José Luiz Borges Junior (Podemos) foi posteriormente criticada e alvo de uma nota de repúdio do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Região Ampliada Noroeste (CIREUNO).

No vídeo, José Luiz Borges Junior explica que estava esperando havia cerca de sete a dez minutos para sair do prédio porque uma ambulância estava parada em frente à garagem do condomínio. "Eu mesmo tive que assumir o volante e resolver o problema", disse, complementando que não tinha visto os socorristas, nem sabia para onde tinham ido.

Segundo o CIREUNO, a ambulância em questão estava em um atendimento de urgência, socorrendo um adolescente de 15 convulsivas graves. A organização acrescentou que a ocorrência se deu em um local central da cidade, de difícil estacionamento.

"Em um atendimento de urgência e emergência, cada segundo é decisivo para o sucesso do procedimento, por conta disso, a própria legislação prevê a livre circulação, estacionamento e parada das ambulâncias, não podendo os socorristas escolherem apenas locais apropriados para estacionar, perdendo tempo preciosos de atendimento ao paciente", informou a nota do consórcio.

"É lamentável que o representante do povo, eleito para defender os interesses fundamentais da população, entre eles o direito à saúde, adote uma postura de descaso e desrespeito, não só em relação ao Samu, mas principalmente em relação ao paciente", complementou, em repúdio.

O vídeo do vereador dirigindo o veículo não está mais disponível em suas redes sociais. Após a repercussão do caso, José Luiz Borges Junior fez outra publicação, em que considera que aumentaram a proporção da situação.

"Sobre a minha situação com o SAMU, primeiramente quero dar os parabéns para toda a equipe do SAMU que faz um brilhante trabalho em nossa cidade, o que eu quis naquele momento ali, foi desobstruir o trânsito que já estava parado, já há algum tempo, criando aí uma longa fila de carros, nada mais além disso, foi um ato espontâneo, então fica o questionamento: será que se fosse alguma outra pessoa que tivesse feito isso, daria essa repercussão que deu agora? Então eu entendo que é muita mídia para pouca coisa", disse.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade