0

Presos na 14ª Operação Lava Jato fazem exames no IML

Investigados chegaram ao IML chegaram ao IML de Curitiba por volta das 10h neste sábado

20 jun 2015
11h33
atualizado às 11h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Os presos na 14ª fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), estão fazendo exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Segundo a PF, os presos deixaram a carceragem por volta das 9h30 e foram conduzidos em comboio até o IML para passarem pelo exame. Eles chegaram por volta das 10h ao instituto. Ao todo são 12 presos nessa nova fase da Operação Lava Jato.

Presidente da Odebrecht foi preso nesta sexta-feira em nova fase da Lava Jato
Presidente da Odebrecht foi preso nesta sexta-feira em nova fase da Lava Jato
Foto: Enrique Castro-Mendivil / Reuters

A 14ª fase da operação, denominada Erga Omnes, expressão latina no meio jurídico para indicar que os efeitos da lei atingem a todos os indivíduos, é uma referência ao fato de as investigações alcançarem, mais de um ano depois de deflagrada a primeira fase da operação, as duas maiores empreiteiras do país, a Odebrecht e a Andrade Gutierrez.

Siga o Terra Notícias no Twitter

As investigações que resultaram na décima quarta fase da Operação Lava Jato revelam que as empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez lideravam o cartel de empreiteiras que superfaturavam contratos da Petrobras. Os presidentes das duas construtoras, Marcelo Odebrecht e Otávio Marques Azevedo, foram presos.

De acordo com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, as duas empreiteiras, no entanto, diferentemente das demais investigadas, usavam um esquema “mais sofisticado” de pagamento de propina a agentes públicos e políticos por meio de contas no exterior, o que exigiu maior aprofundamento das investigações, antes do pedido de prisão dos diretores das empresas.

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade