PUBLICIDADE

Política

PL Mulher cancela eventos em maio após morte da deputada Amália Barros

Encontros em Roraima, Tocantins, Piauí e São Paulo foram adiados; parlamentar faleceu no último dia 12 depois de ser internada para retirar um nódulo do pâncreas

15 mai 2024 - 19h01
(atualizado às 20h48)
Compartilhar
Exibir comentários
Amália Barros
Amália Barros
Foto: Zeca Ribeiro / Agência Câmara

O PL Mulher, presidido pela ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), cancelou os eventos que ocorreriam neste mês de maio devido à morte da deputada federal Amália Barros (PL-MT) no último domingo, 12. Por causa da "necessidade de readequação do calendário de atividades", os encontros do grupo nas capitais dos Estados de Roraima, Tocantins, Piauí e São Paulo foram remarcados para os quatro primeiros sábados de junho, respectivamente.

Amália, que era vice-presidente da legenda feminina do partido do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), estava hospitalizada desde o dia 1º de maio no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. Durante a internação, que ocorreu para a retirada de um nódulo do pâncreas, a parlamentar foi submetida a diversos procedimentos cirúrgicos.

No dia anterior ao falecimento da deputada, o boletim médico informou que ela estava em estado grave e sob cuidados intensivos após realizar um procedimento adicional de radiointervenção no mesmo hospital que recebeu Bolsonaro na última segunda-feira, 6.

A deputada, que era amiga de Michelle e foi eleita deputada federal por Mato Grosso com 70.294 votos em 2022, foi sepultada nesta segunda-feira, 13, em Mogi Mirim, São Paulo. Além da família da parlamentar, estiveram presentes a ex-primeira-dama, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) e os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Nikolas Ferreira (PL-MG) e Abilio Brunini (PL-MT).

A relação de amizade entre a parlamentar e Michelle ficou conhecida após a mulher do ex-presidente afirmar, no ano passado, durante evento do PL Mulher na Paraíba, que amava ver a deputada sem a prótese ocular utilizada por conta de uma infecção (toxoplasmose) que levou à perda da visão do olho esquerdo.

Nesta terça-feira, 14, ao compartilhar um vídeo de homenagem a Amália, Michelle escreveu que está com saudades da deputada, que chamou de "minha boneca linda". Antes do falecimento, a presidente do PL Mulher vinha pedindo orações pela recuperação da deputada em suas redes sociais.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade