PUBLICIDADE

'Motociatas' de Bolsonaro custaram R$ 5 mi em verba pública

Levantamento da Folha de S. Paulo usou dados da Lei de Acesso à Informação sobre custos da Presidência e de Estados

26 dez 2021 - 13h01
(atualizado às 13h09)
Ver comentários
Bolsonaro durante motociata em Chapecó
Bolsonaro durante motociata em Chapecó
Foto: Isac Nóbrega / PR

As chamadas 'motociatas', passeios de moto que Jair Bolsonaro (PL) organizou em alguns Estados brasileiros - já custaram quase R$ 5 milhões aos cofres públicos, revela um levantamento do jornal Folha de S. Paulo divulgado neste domingo, 26.

Com base na Lei de Acesso à Informação, foram analisados dados sobre gastos tanto da Presidência da República quanto de Estados que receberam esses eventos. Apenas a motociata realizada no Paraná não consta no cálculo, já que as despesas para a viagem não foram informadas.

Estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Minas Gerais e Pernambuco receberam os passeios de moto do presidente. Ao todo, foram 13 viagens como esta.

A mais custosa, de acordo com o levantamento da Folha, foi para o agreste pernambucano em 4 de novembro. Quase R$ 607 mil foram gastos. Viagens para São Paulo (R$ 476 mil) e Chapecó (R$ 450 mil), ambas no mês de junho, também requisitaram muitos recursos públicos.

Integrantes da CPI da Covid solicitaram ao TCU (Tribunal de Contas da União) uma análise referente a esses gastos milionários que saíram dos cofres públicos. O tribunal já iniciou a análise, mas o processo está parado desde 5 de dezembro, após uma decisão de adiamento do julgamento, e não tem previsão de retorno.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade