PUBLICIDADE

Lula diz que brasileiros “têm saudades” de seu governo

Capa da revista ‘Time’, ex-presidente também criticou o governo Bolsonaro: “Está aparecendo muito fascista, muito nazista no mundo”

4 mai 2022 10h55
ver comentários
Publicidade
Lula é capa da revista 'Time'
Lula é capa da revista 'Time'
Foto: Divulgação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que os brasileiros “têm saudades” da época em que governava o País e atribuiu a expectativa de sua volta ao poder às “boas lembranças do tempo em que eu fui presidente”, afirmou o petista em entrevista para a revista Time, na qual estampa a edição desta semana.

“Há uma expectativa de que eu volte a presidir o País porque as pessoas têm boas lembranças do tempo em que eu fui presidente. As pessoas trabalhavam, as pessoas tinham aumento de salário, os reajustes salariais eram acima da inflação. Então eu penso que as pessoas têm saudades disso e as pessoas querem isso melhorado”, disse.

A publicação norte-americana definiu como Lula como “o líder mais popular do Brasil” na chamada para a entrevista, na qual o petista pontuou também que as políticas de seu governo foram “destruídas”.  

“Todas as políticas de inclusão social, o que nós fizemos para melhorar a qualidade das universidades, das escolas técnicas, melhorar a qualidade do salário, melhorar a qualidade do emprego, tudo isso foi destruído, desmontado”.

Bolsonaro e nazistas no mundo

Em duras críticas ao atual governo, Lula disse que seu principal adversário político, o presidente Jair Bolsonaro (PL), despertou “ódio” e “preconceito” no Brasil. “Ele despertou o preconceito. Aí tem outros presidentes também na Europa, na Hungria; está aparecendo muito fascista, muito nazista no mundo”, completou.

Questionado sobre se Bolsonaro tem culpa pelo racismo no Brasil, Lula foi enfático: "Eu não diria que ele tem culpa pelo racismo porque o racismo é crônico no Brasil. Mas ele estimula".

Ucrânia

Na conversa, o petista ainda responsabilizou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, a União Europeia e os Estados Unidos pela guerra em curso na Ucrânia.

Lula, porém, ressaltou o papel de Zelenski no conflito. "Esse cara (Zelenski) é tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não tem apenas um culpado", disse o petista. "(...) o comportamento dele é um comportamento um pouco esquisito, porque parece que ele faz parte de um espetáculo."

* Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade