0

Bolsonaro faz acenos ao Congresso e ao povo do Nordeste

Presidente fez a sua primeira viagem após três semanas de isolamento devido à infecção com o novo coronavírus

30 jul 2020
11h42
atualizado às 11h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em sua primeira viagem depois de três semanas de isolamento devido à infecção com o novo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro usou seu discurso para fazer acenos ao Congresso, onde busca formar uma base de apoio sólida, e ao povo do Nordeste, região em que perdeu as eleições para o petista Fernando Haddad e ainda tem as piores avaliações em pesquisas de opinião.

24/07/2020
REUTERS/Adriano Machado
24/07/2020 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Em sua fala na cidade de Campo Alegre de Lourdes (BA), na inauguração de uma adutora da transposição do rio São Francisco, Bolsonaro afirmou que "ninguém governa sozinho" e dividiu a criação dos benefícios sociais criados durante a epidemia de coronavírus com os "valorosos deputados e senadores".

Aos baianos que o assistiam na cerimônia, Bolsonaro afirmou que os nordestinos "são pessoas iguais a das outras quatro regiões do país. "Nós somos um só povo, uma só raça", afirmou.

Em julho do ano passado, em uma fala com o ministro Onyx Lorenzoni captada sem querer pelos microfones da TV Brasil, Bolsonaro chamou os governadores da região de "governadores de paraíba", o que causou indignação com o termo, considerado pejorativo.

Veja também:

Cientistas brasileiros criam soro com anticorpos de cavalo capaz de neutralizar coronavírus
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade