URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Cadáver em banco: o que já se sabe sobre o caso no Rio de Janeiro

17 abr 2024 - 12h20
Compartilhar

Cadáver em banco: o que já se sabe até aqui sobre o caso. A cena registrada na terça-feira, 16, em uma agência bancária em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a TV Globo, a mulher que aparece nas imagens foi identificada pela Polícia Civil como Érika de Souza Vieira Nunes; ela tentava um empréstimo de RS 17 mil. Ela foi presa em flagrante por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver; no local, ela alegou ser sobrinha e cuidadora de Paulo Roberto Braga, de 68 anos. As autoridades foram acionadas após funcionárias do banco suspeitarem da atitude; segundo o Samu, o idoso já estava morto há algum tempo, e o corpo foi levado ao IML. À TV Globo, a advogada de Erika afirmou que o homem chegou à agência ainda vivo; o delegado responsável pelo caso, porém, afirmou que ele já chegou morto no local. As investigações prosseguem e, agora, as autoridades apuram se ela teve a ajuda de outras pessoas.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade