8 eventos ao vivo

MP investiga se Youssef pagou propina a Sabesp e Metrô de SP

Empresas paulistas são mencionadas em planilha apreendida pela Polícia Federal na casa do doleiro

13 jan 2015
12h21
atualizado às 12h24
  • separator
  • 0
  • comentários

O Ministério Público de São Paulo vai investigar se o doleiro Alberto Youssef participou de algum esquema de pagamento de propinas a agentes públicos em contratos de obras em São Paulo. Os primeiros alvos serão projetos da Sabesp, do Metrô e de refinarias da Petrobras no Estado. As informações são da Folha de S. Paulo. 

<p>Alberto Youssef &eacute; um dos principais alvos da Lava Jato</p>
Alberto Youssef é um dos principais alvos da Lava Jato
Foto: Sergio Moraes / Reuters

De acordo com o jornal, uma planilha apreendida há meses pela Polícia Federal em um imóvel de Youssef, um dos principais investigados da Operação Lava Jato, cita nomes de obras e empreiteiras em território paulista. Após sua publicação, no final do ano passado, a Promotoria do Patrimônio Público e Social iniciou o trabalho de apuração. 

A Sabesp tem três obras citadas no relatório: a implantação da estação de tratamento de água Jurubatuba, no Guarujá; a adutora Guarau-Jaguará, na Grande São Paulo; e a tubulação em Franca. Juntas, elas somam R$ 29 milhões. Já o Metrô aparece relacionado a um negócio descrito como "Obra Vila Prudente" e à quantia de R$ 7,9 milhões. Além disso, cerca de 90 projetos da petroleira são mencionados. 

Outros órgãos, como o DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e a Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), podem ser investigados futuramente.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade