Justiça concede liberdade a homem que teve pescoço pressionado

Um vídeo publicado nas redes sociais foi determinante para que a Justiça de São Paulo concedesse liberdade provisória na tarde desta terça-feira, 31, a César Victor Batista, por ter observado indícios de irregularidade na ação da Guarda Civil Municipal de São Paulo. Nas imagens, gravadas na capital paulista nesta segunda-feira, 30, um guarda coloca o joelho no pescoço do homem durante a imobilização. Além disso, o vídeo flagra um saco com pó branco sendo trazido por um dos agentes, no que seria, para a defesa do homem, uma tentativa de forjar um flagrante de tráfico de drogas. Com base nas imagens, a juíza Gabriela Marques da Silva Bertoli, alegou em sua decisão que "as imagens corroboram a alegação do custodiado de que teria sofrido abuso por parte dos guardas''. A magistrada também apontou que, pelas imagens, não é possível constatar se a droga seria do homem ou não.

Fonte: Redação Terra
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade