2 eventos ao vivo

Bombeiros: boate estava com alvará de prevenção de incêndios vencido

27 jan 2013
14h09
atualizado às 21h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O Plano de Prevenção Contra Incêndios da Boate Kiss, onde um incêndio de grandes proporções matou pelo menos 233 pessoas na madrugada deste domingo em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, estava vencido desde agosto de 2012. A informação é do Corpo de Bombeiros do Estado.

O Corpo de Bombeiros acredita que o fogo teria iniciado com um sinalizador
O Corpo de Bombeiros acredita que o fogo teria iniciado com um sinalizador
Foto: Deivid Dutra / Agência Freelancer

Está em Santa Maria? Envie fotos, vídeos e relatos da tragédia

"A informação preliminar é de que o alvará venceu há pouco tempo, mas que estava em processo de renovação", informou o coronel Adriano Krukoski. Segundo ele, a prioridade, neste momento, é atender a ocorrência. Uma possível sindicância para apurar irregularidades será analisada mais tarde.

O alvará é concedido ou renovado depois que os diferentes órgãos de segurança municipal comprovam que um estabelecimento tem condições idôneas para funcionar, entre elas medidas de prevenção e combate de incêndios.

O Terra tentou contato com os donos da casa noturna, que não atenderam às ligações. Segundo informações da delegada titular de Restinga Seca, Elizabete Shimomura, um dos proprietários se apresentou à polícia para prestar esclarecimentos.

Segundo Shimomura, a ocorrência foi atendida por volta das 3h. Ela não soube informar o nome do dono da boate.

A delegada disse que o trabalho de retirada de corpos da boate terminou e que o Instituto Geral de Perícias recolhe material genético para identificar os corpos. "A grande maioria dos corpos vai ser facilmente identificada pelas famílias, já que estão intactos. Provavelmente, boa parte das pessoas morreu por asfixia, poucos estão queimados".

Os corpos estão sendo levados para o Centro Desportivo Municipal de Santa Maria, onde as famílias foram cadastradas para identificação das vítimas.

 

Incêndio em casa noturna
Um incêndio de grandes proporções deixou mais de 230 mortos na madrugada deste domingo em Santa Maria (RS). O incidente, que começou por volta das 2h30, ocorreu na Boate Kiss, na rua dos Andradas, no centro da cidade. O Corpo de Bombeiros acredita que o fogo iniciou com um sinalizador lançado por um integrante da banda que fazia show na festa universitária.
 
Segundo um segurança que trabalhava no local, muitas pessoas foram pisoteadas. "Na hora que o fogo começou foi um desespero para tentar sair pela única porta de entrada e saída da boate e muita gente foi pisoteada. Todos quiseram sair ao mesmo tempo e muita gente morreu tentando sair", contou. O local foi interditado e os corpos foram levados ao Centro Desportivo Municipal, onde centenas de pessoas se reuniam em busca de informações.
 
A prefeitura da cidade decretou luto oficial de 30 dias e anunciou a contratação imediata de psicólogos e psiquiatras para acompanhar as famílias das vítimas. A presidente Dilma Rousseff interrompeu viagem oficial que fazia ao Chile e foi até a cidade, onde se reuniu com o governador Tarso Genro e parentes dos mortos.

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade