1 evento ao vivo

SP registra 483,9 mil casos e 21,6 mil mortes por covid-19

Apenas sete dos 645 municípios de São Paulo não têm casos confirmados do novo coronavírus; 20% das vítimas não são do grupo de risco

26 jul 2020
17h02
atualizado às 17h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Estado de São Paulo chegou a 483.982 mil casos e 21.606 mortes por covid-19, de acordo com balanço divulgado pela Secretaria da Saúde na tarde deste domingo, 26. Apenas sete dos 645 municípios paulistas ainda não têm registros confirmados do novo coronavírus. Em 24 horas, foram registrados 4.501 novos casos e 89 óbitos, número que costuma ser menor que a média nos domingos.

Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo (SP) 
26/06/2020
REUTERS/Amanda Perobelli
Enterro de vítima da Covid-19 no cemitério da Vila Formosa, em São Paulo (SP) 26/06/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

Ainda de acordo com a secretaria, a taxa de ocupação de UTI é de 65,9%, média que chega a 63,6% na Grande São Paulo. Ao todo, são 14.709 pacientes internados com suspeita ou confirmação da doença, divididos entre 6.036 na UTI e outros 8.673 em leitos de enfermaria.

Entre as vítimas fatais, 74,9% tinham 60 anos ou mais. Nas demais faixas etárias, a distribuição é a seguinte: menores de 10 anos (31), 10 a 19 anos (40), 20 a 29 anos (181), 30 a 39 anos (687), 40 a 49 anos (1.499) e 50 a 59 anos (2.980).

Os fatores de risco foram encontrados em 80% das vítimas. São eles: cardiopatia (58,7% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (11,1%), doença renal (9,6%), pneumopatia (8,2%), obesidade (7,1%), imunodepressão (5,9%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,2%), doença hematológica (1,9%) e Síndrome de Down (0,5%).

 

Veja também:

Lava Jato prende secretário de Transportes de SP por supostos desvios na Saúde
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade