1 evento ao vivo

Salvador traça plano para combater Chikungunya

17 out 2014
09h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Representantes da Vigilância Epidemiológica de Salvador  estabeleceram nesta quinta-feira um operativo para o combate da febre Chikungunya em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde. Já foram registrados 29 casos suspeitos da doença na capital baiana, sendo que sete foram descartados e dois confirmados após a realização de exames laboratoriais. Vinte casos estão sob análise.

Apesar das duas ocorrências confirmadas no município terem sido consideradas como importadas, já que os pacientes foram infectados em Feira de Santana, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está em alerta para evitar a proliferação da doença. Profissionais do Centro de Controle de Zoonoses e da Vigilância estão trabalhando de forma conjunta para que os agentes de endemias possam realizar de forma imediata o bloqueio, combate e extermínio de possíveis focos dos mosquitos Aedes aegypti e o Aedes albopictus, transmissores da doença, nas regiões onde ocorrerem casos suspeitos e confirmados da patologia.

Além disso, a secretaria já realizou a capacitação de 160 profissionais de urgência e emergência e atenção básica sobre a classificação de risco e manejo do paciente com suspeita da doença.

Os casos de Chikungunya poderão ser atendidos nos postos da atenção básica da rede municipal, e apresentam os mesmos sintomas da dengue, como dores nas articulações, febre, cefaléia e vermelhidão na pele. É importante salientar ainda que o paciente sintomático não deve fazer uso de medicamentos sem a prescrição médica, já que substâncias como anti-inflamatórios podem agravar o quadro clínico do infectado. 

Foto: Arte Terra

Veja também:

Governo teme que atos de rua cresçam e se tornem pró-impeachment
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade