PUBLICIDADE

Personal Trainer é investigado por estelionato sentimental em Porto Alegre: "fiz vários pix e empréstimos para ele" diz vítima de golpe do namoro

Suspeito também atua como técnico em enfermagem e teria outros relacionamentos além do denunciante

3 mar 2024 - 21h19
(atualizado em 9/4/2024 às 16h52)
Compartilhar
Exibir comentários

O personal trainer Everton Correa Caldas Neto, de 31 anos, está sendo investigado pela Polícia Civil por estelionato sentimental, após o ex-parceiro acusá-lo de aplicar um golpe financeiro de mais de R$30 mil e ter outros relacionamentos. O suspeito, além de eduacador físico, é técnico em enfermagem em um hospital de Porto Alegre.

Foto: ilustrativa / Porto Alegre 24 horas

A vítima, o comunicador Paulo Viana, registrou um boletim de ocorrência contra o personal trainer no dia 28 de fevereiro de 2024.

Procurado pela reportagem do Porto Alegre 24 Horas,  Viana relata que conheceu o suspeito em outubro de 2023 através de uma rede social. O personal trainer mandava fotos em horários de trabalho para a vítima a fim de comprovar que era "uma boa pessoa" e solicitava quantias em dinheiro para pagar dívidas pessoais. Ao longo de cinco meses de relacionamento, o comunicador relata ter gasto quase R$30 mil.

"Os gastos eram com viagens, jantas, pagamentos de boletos dele, pix, mas, principalmente, em dinheiro vivo. Eu fiz empréstimos no meu nome para ajudar ele", afirmou.

Em fevereiro de 2024, a vítima descobriu que o suspeito mantinha outro relacionamento com uma mulher, em Sobradinho, no Vale do Rio Pardo. Após ser confrontado, o personal trainer teria dito que a namorada sabia do relacionamento dele com Viana.

"Com essa descoberta, eu caí na real. Era dinheiro que eu mandava toda hora para ele. Ele tinha uma namorada e quando eu perguntei, ele disse que ela sabia de tudo entre nós. Não sei se ela sabia que eu bancava ele.", afirmou o denunciante.

A reportagem do Porto Alegre 24 Horas entrou em contato com o suspeito, mas não obteve reposta. O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre.

Sobre Estelionato Sentimental

O estelionato afetivo conhecido popularmente como "golpe do namoro" é uma prática que se configura a partir de relações emocionais e amorosas, para obter vantagem econômica  ilícita do/da companheiro (a), cujo conceito se toma por empréstimo daquele definido no artigo 171, do Código Penal.

O crime acontece em relações amorosas com o único intuito de subtrair bens patrimoniais do outro. Normalmente são pessoas que se conheceram por meio de aplicativos de namoro ou redes sociais. Após alguns meses de conversa, o suposto estelionatário começa dizer que está com problemas financeiros ou com problemas na família, induzindo a vítima a fazer um empréstimo de dinheiro ou bem.

O primeiro passo é fazer um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima ou através da delegacia online.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade