PUBLICIDADE

Navio no Maranhão: Marinha diz que atua para vedar tanques

Cerca de 250 militares trabalham na missão; situação é considerada "estável"

1 mar 2020 21h07
| atualizado às 21h54
ver comentários
Publicidade

BRASÍLIA - A Marinha do Brasil (MB) informou, em nota, que uma equipe de militares iniciou processo de vedação dos tanques de combustível e dos porões de carga no navio Stellar Banner, que está encalhado a cerca de 100 km da costa do Maranhão desde o dia 24 de fevereiro. A situação é considerada "estável" e não há vazamentos no local.

"A situação permanece estável. O monitoramento feito por embarcações e sobrevoo de aeronave, realizados neste domingo, confirmam a ausência de vazamentos de óleo ou minério", afirma o texto.

Navio MV Stella Banner com carregamento de minério da Vale adernou a cerca de 100 quilômetros do porto de Itaqui, no Maranhão
Navio MV Stella Banner com carregamento de minério da Vale adernou a cerca de 100 quilômetros do porto de Itaqui, no Maranhão
Foto: Marinha/Divulgação / Estadão Conteúdo

"Equipes estão realizando a selagem (vedação) de um grupo de suspiros dos tanques de combustível, bem como o reforço nas travas de fechamento dos porões de carga do NM Stellar Banner", diz outro trecho da nota.

Além disso, a Marinha comunicou que as barreiras de contenção permanecem na área do encalhe de forma preventiva. Há risco do navio naufragar com 295 mil toneladas de minério de ferro e 5 mil toneladas de óleos. Cerca de 250 militares envolvidos na missão.

Veja mais:

Como uma onda de calor mudou uma ilha na Antártida em apenas nove dias:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade