PUBLICIDADE

Mulheres usam carro de traficante e são mortas por engano, diz PM

O crime aconteceu na noite de quinta-feira na capital mineira; polícia investiga o caso

13 mai 2022 17h39
ver comentários
Publicidade
Imagem ilustrativa de um carro da polícia de Belo Horizonte (MG)
Imagem ilustrativa de um carro da polícia de Belo Horizonte (MG)
Foto: Reprodução/Facebook

Duas mulheres foram assassinadas na noite de quinta-feira, 12, em Belo Horizonate (MG). A suspeita da polícia é que elas tenham sido confundidas, já que estavam em um carro emprestado por um traficante. Nenhuma das vítimas tinha passagem pela polícia.  

Segundo informações da Band, uma das mulheres tinha 28 anos e era proprietária de um bar em Sabará, na Grande BH. Um de seus clientes, que é traficante, emprestou o carro para que ela pudesse fazer compras para o estabelecimento. Na noite de quinta-feira,  ela dava uma carona para uma funcionária, de 48 anos. 

Apos o desembarque da funcionária, o carro foi cercado por criminosos e atingido por vários disparos. A motorista levou quatro tiros, dois na cabeça, e perdeu o controle do veículo, batendo em um poste. No carro, também estavam o seu marido e filho, que não sofreram ferimentos. Já a funcionária,  foi atingida com três tiros e também faleceu. 

Testemunhas disseram que o proprietário do veículo teria discutido recentemente com outros traficantes da região. A polícia investiga o caso. 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade