PUBLICIDADE

Datena anuncia que deve tentar o Senado com apoio de Bolsonaro

O apresentador José Luiz Datena afirmou que deve ser o candidato ao Senado na chapa com o ex-ministro Tarcísio de Freitas

13 mai 2022 16h59
| atualizado às 17h15
ver comentários
Publicidade

Depois de um almoço na casa do ex-presidente da Fiesp, Paulo Skaf, o apresentador José Luiz Datena (PSC) afirmou que deve ser o candidato ao Senado na chapa com o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato ao governo de São Paulo, com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

"Única coisa que posso adiantar é que o presidente confirmou a chapa. Para governador e para o Senado, Tarcísio [de Freitas] e eu. Confirmou os dois", disse Datena a jornalistas ao sair do encontro.

Segundo uma fonte ouvida pela Reuters, a proposta é de fato encampada por Bolsonaro e foi fechada durante o almoço desta sexta. A intenção de Skaf, que cedeu a casa para o encontro, era ter a vaga ao Senado ou, ao menos a de vice-governador na chapa com Tarcísio, mas esse acerto ainda não foi fechado.

Datena anuncia que deve ser candidato ao Senado com apoio de Bolsonaro
Datena anuncia que deve ser candidato ao Senado com apoio de Bolsonaro
Foto: Leco Viana / Futura Press

O fato de Skaf ser do mesmo partido de Tarcísio pouco agrega à aliança do ex-ministro. Além disso, a intenção de Bolsonaro, que patrocina a candidatura de Tarcísio, é outra. "O presidente prefere que o vice de Tarcísio seja uma mulher", disse a fonte.

O nome preferido de Bolsonaro, e com quem Tarcísio vem conversando, é o da deputada federal Rosana Valle. O acordo ainda não teria sido fechado porque Tarcísio ainda tenta negociar o apoio de outros partidos, o que poderia fazer com que tivesse de entregar a vaga de vice.

Eleita pelo PSB, a parlamentar trocou o partido pelo PL, sigla de Bolsonaro, no último dia da janela partidária, dentro de um possível acordo para ser vice de Tarcísio.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade