PUBLICIDADE

Marido de MC Marcelly é preso por agredir e prender mulher em casa

Cavalcante já tinha passagens na polícia por desacato e desobediência

3 mai 2021
0comentários
Publicidade

RIO - A cantora Marcelly Almoaya da Silva, a Mc Marcelly, de 29 anos, famosa pelas canções "Coraçãozinho", lançada em 2008, e "Bigode grosso", de 2013, acusa o marido de agredi-la e mantê-la trancada em casa. Francimar Jorge Cavalcante, que também atuava como empresário de Marcelly e é conhecido como Frank Cavalcante, foi preso neste domingo, 2, na casa do casal, no Engenho de Dentro (zona norte do Rio). Ele e Marcelly estavam juntos havia 13 anos.

A MC afirmou neste domingo à Polícia Civil que havia sofrido agressões do marido e por isso, em abril, rompeu o relacionamento e saiu de casa. Mas ele a convenceu a reatar e voltar pra casa, o que ela fez na última terça-feira, 27. No mesmo dia, o marido a obrigou a fazer uma viagem, durante a qual ela não teve acesso a telefone celular. A polícia não informou para onde o casal foi.

A funkeira é conhecida pelo hit 'Bigode Grosso', que fez bastante sucesso na internet; é casada com seu empresário  
A funkeira é conhecida pelo hit 'Bigode Grosso', que fez bastante sucesso na internet; é casada com seu empresário
Foto: Edu Moraes / Record / Divulgação / Estadão

Marcelly e Francimar voltaram para casa no sábado, 1º, e ela seguiu proibida de usar o celular. No domingo, 2, no entanto, ela aproveitou um descuido na vigilância do marido e conseguiu avisar o irmão que estava presa em casa. Esse irmão procurou a Polícia Militar e agentes do 3º Batalhão (Méier) foram à casa do casal. Após tocarem a campainha e aguardarem 50 minutos sem serem atendidos, os PMs arrombaram a porta e encontraram o casal. Cavalcante foi preso. O caso foi registrado pela 21ª DP (Bonsucesso), mas será investigado pela 24ª DP (Piedade).

Cavalcante já tinha passagens por desacato e desobediência. Nesta segunda-feira ele seria submetido a audiência de custódia (em que um juiz decide se ele permanece preso ou é autorizado a responder à acusação em liberdade), mas até a publicação desta reportagem não havia informação sobre o resultado dessa audiência.

A reportagem tentou localizar a defesa de Cavalcante, sem sucesso até a publicação deste texto.

Estadão
Publicidade
Publicidade