PUBLICIDADE

Integração levará água tratada a 486 mil pessoas do Nordeste

23 ago 2013 - 19h42
(atualizado às 19h48)
Compartilhar
Exibir comentários

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, lançou nesta sexta-feira, em Maceió, o projeto Tratamento da Água - Operação Carro-pipa, que pretende atender a 486 mil pessoas com água tratada no Nordeste. O projeto consiste na operação de unidades móveis de tratamento de água na região, com a tarefa de abastecer caminhões-pipa.

Cada pessoa receberá cerca de 20 litros de água potável por dia. De acordo com o diretor do Departamento de Articulação e Gestão da Secretaria Nacional de Defesa Civil, Alziro Alexandre, as unidades começarão a ser instaladas no início do próximo ano. A meta é que as 15 unidades móveis estejam funcionando no primeiro semestre de 2014.

Todos os Estados receberão uma unidade, com exceção do Ceará, da Bahia e de Pernambuco, que receberão três. As unidades captarão água de mananciais e poderão ser deslocadas de um manancial para outro, conforme necessidade, em um período de 15 a 20 dias. O projeto será custeado pelo Ministério da Integração com R$ 35 milhões. Aproximadamente 500 caminhões-pipa fazem a distribuição de água no Nordeste.

Mortes

A distribuição de água sem tratamento por carros-pipa no interior de Alagoas pode ter sido a causa de doenças diarreicas agudas que causaram a morte de 47 pessoas no período entre maio e julho, de acordo com informação do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Agência Brasil Agência Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade